FIA GT1: Mesmo punidos, Marc Basseng/Markus Winkelhock são os Campeões de 2012


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Mesmo sendo punidos, e excluídos da última prova em Donington Park, a dupla Marc Basseng/Markus Winkelhock (All-Inkl.com Münnich Motorsport/Mercedes) sagrou-se Campeã da Temporada 2012 do FIA GT1. Eles somaram 145 pontos, um a mais do que as duplas Fred Makowiecki/Stef Dusseldorp (Hexis McLaren) e Michel Bartels/Yelmer Buurman (Vita4One BMW).

Prova classificatória:

No sábado (29/09), a dupla Fred Makowiecki/Stef Dusseldorp (Hexis McLaren) venceram a prova classificatória. Mesmo com a vitória, as chances da dupla ser campeã acabaram. A dupla Laurens  Vanthoor/Adam Carroll (WRT Audi) terminou em 2º, seguida pela dupla Álvaro Parente/ Gregoire Demoustier (Hexis McLaren).

A dupla da Hexis Racing garantiu a ponta, após um ótimo trabalho da equipe nos boxes. Mesmo com um rápido período em Safety-car, que eliminou a vantagem de Makowieki, o piloto manteve o controle, recebendo a bandeirada 2s461 a frente de Vanthoor. Parente/Demoustier completaram o pódio.

Peter Kox/Stefano Rosina (Reiter Lamborghini) terminaram em 4º, seguidos por Basseng/Winkelhock.

Bartels/Buurman terminaram em 9º. Bartels se envolveu em um toque com Nicky Pastorelli (Munnich Mercedes) faltando dois minutos para o final. Com o pneu dianteiro esquerdo furado, Bartels teve que entrar nos pits.

Basseng/Winkelhock somavam 145 pontos, três a mais do que Bartels/Buurman.

Final, prova classificatória:

1.  Makowiecki/Dusseldorp Hexis McLaren 39 voltas em 1h00m03s851
2.  Vanthoor/Carroll WRT Audi + 2s461
3.  Parente/Demoustier Hexis McLaren + 4s844
4.  Kox/Rosina Reiter Lamborghini + 7s878
5.  Basseng/Winkelhock Munnich Mercedes + 16s940
6.  Pastorelli/Jager Munnich Mercedes + 17s622
7.  Ide/Castellacci AF Ferrari + 18s746
8.  Mayr-Melnhof/Lauda Vita4One BMW + 29s164
9.  Bartels/Buurman Vita4One BMW + 1m24s728

abandonos:

Groppi/Lariche SUNRED Ford 38
Jarvis/Stippler WRT Audi 18
Salaquarda/Cioci AF Ferrari 18

Prova principal:

Neste domingo (30/09), Makowiecki/Dusseldorp venceram novamente. Kox/Rosina foram 2º, seguidos por Parente/Demoustier.

A prova foi marcada por dois fortes acidentes, que provocaram a bandeira vermelha. Logo na volta inicial, Laurent Groppi (SUNRED Ford) e Nikolaus Mayr-Melnhof (Vita4One BMW) se tocaram na saída da curva Redgate. Mayr-Melnhof foi para a grama, e no retorno a pista acertou a lateral esquerda do Ford, com os dois indo direto para a barreira de pneus. Com os dois carros e abarreira de pneus destruídos, a bandeira vermelha foi acionada.

Pouco depois dos pit stops obrigatórios, Winkelhock e Buurman, lado a lado, se enroscaram na curva Redgate. A bandeira vermelha foi novamente acionada, para Buurman ser atendido pelos médicos. O piloto foi levado para um hospital, para maiores exames.

Basseng/Winkelhock acabaram excluídos da prova, perdendo dois pontos. Mas mantiveram o título, com um ponto de vantagem sobre Makowiecki/Dusseldorp e Bartels/Buurman.

Final, prova principal:

1.  Makowiecki/Dusseldorp Hexis McLaren 1h27m00s879
2.  Kox/Rosina Reiter Lamborghini + 1s091
3.  Parente/Demoustier Hexis McLaren + 1s682
4.  Vanthoor/Carroll WRT Audi + 2s185
5.  Ide/Castellacci AF Ferrari + 3s172
6.  Pastorelli/Jager Munnich Mercedes + 4s529
7.  Jarvis/Stippler WRT Audi + 5s609
8.  Salaquarda/Cioci AF Ferrari + 6s887
9.  Bartels/Buurman Vita4One BMW 18 voltas

Abandonos:
        
Mayr-Melnhof/Lauda Vita4One BMW 0
Groppi/Lariche SUNRED Ford 0

Excluídos:
Basseng/Winkelhock Munnich Mercedes 18

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *