Fórmula 3 Asiática: Rafael Suzuki sobe duas vezes no pódio nas Filipinas

Brasileiro conseguiu um 2º e um 3º lugar nas provas deste sábado em Batangas.

O brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs/MeuCarro.jp/Shutt) segue fazendo bonito nas pistas da Ásia. Neste sábado (16/02) ele conseguiu um segundo e um terceiro lugar nas duas primeiras corridas do fim de semana da Fórmula 3 Asiática, disputadas no autódromo de Batangas, nas Filipinas. “Ainda não foi dessa vez que saiu minha primeira vitória, mas voltar a subir no pódio é sempre muito bom”, afirma o piloto, que nesta semana completou um ano de carreira. As provas foram válidas pelas 9ª e 10ª etapas do certame. A rodada se completa neste domingo (17/02), com a disputa de mais duas corridas.


 


Na primeira prova Rafael Suzuki manteve o segundo lugar após a largada e esteve sempre muito próximo ao belga Fredéric Vervisch, líder da prova e do campeonato. Quando tentava se aproximar ainda mais de seu adversário, o brasileiro errou a entrada de uma chicane e perdeu um tempo precioso. Mesmo com a escapada e com os pneus sujos, o brasileiro se defendeu bem dos ataques do britânico Maatt Howson, mas como não havia mais tempo para buscar a vitória e ele cruzou a linha de chegada na segunda colocação. “Meu carro estava um pouco nervoso, tentei manter um ritmo forte, mas cometi um erro. De qualquer forma um segundo lugar foi muito positivo”, explica o titular do Team Goddard.


 


Com este resultado, o representante da SVLabs/MeuCarro.jp/Shutt largou novamente na segunda posição para a 10ª etapa. Suzuki saiu muito bem e tentou tomar a ponta logo na primeira curva, mas Vervisch não deu nenhum espaço. “Eu esperei até o último segundo, mas ele não abriu para fazer a curva. Eu tive que frear muito forte para não tocá-lo e acabei perdendo a posição para o Howson”, conta. O brasileiro então passou a pressionar o britânico, mas numa saída de curva perdeu pressão aerodinâmica e escapou da pista novamente. “Mas eu consegui recuperar as posições e terminei em terceiro. Foi uma pena, porque o carro estava melhor, bem menos nervoso. Tanto que eu fiz tempos parecidos com os do Vervisch”, lembra.


 


Para a 11ª etapa Rafael Suzuki vai largar novamente em segundo lugar, pois o grid foi definido de acordo com a média das posições de chegada das duas corridas já disputadas. Com isso o esportista já traçou sua tática para alcançar seu primeiro triunfo. “Vou tentar pular na frente na curva 1, acho que é o único jeito de brigar pela vitória. Novamente vou tentar dar o meu melhor”, finaliza o brasileiro.


 


Os seis primeiros na 9ª etapa da Fórmula 3 Asiática foram:


1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica;


2°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil;


3°) Matthew Howson (PTRS), Grã Bretanha;


4º) Don Tacos (Speedtech), Inglaterra;


5º) John O’Hara (Aran Racing), Irlanda;


6º) Roland Hermoso (Speedtech), Filipinas.


 


Os seis primeiros na 10ª etapa da Fórmula 3 Asiática foram:


1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica;


2°) Matthew Howson (PTRS), Grã Bretanha;


3°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil;


4º) Don Tacos (Speedtech), Inglaterra;


5º) Roland Hermoso (Speedtech), Filipinas.


6º) John O’Hara (Aran Racing), Irlanda;


 


Veja como ficou a Fórmula 3 Asiática após dez etapas:


 


1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica, 172 pontos;


2°) Hamad Al Fardan (GFH Bahrain), Bahrain, 126;


3°) Matthew Howson (PTRS), Grã Bretanha, 124;


4°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil, 105;


5º) Niall Quinn (Aran Racing), Irlanda, 47;


6°) Arturo Gonzalez (Aran Racing), México, 34;


7º) John O’Hara (Aran Racing), Irlanda, 28;


8º) Don Tacos (Speedtech), Inglaterra, 26;


9°) David Julian (Goddard), Estados Unidos, 24;


10º) Paulo Ip (PTRS), China, 15;


11º) Roland Hermoso (Speedtech), Filipinas, 14;


12º) Wei Liang Chen (PTRS), China,6. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *