Fórmula-E: Jean-Eric Vergne conquista o campeonato

O francês Jean-Eric Vergne (Techeetah) conquistou o título da temporada 2017/2018 da Fórmula-E. O título foi garantido com o quinto lugar na primeira prova da rodada dupla de Nova Iorque, nos EUA, última da temporada. O brasileiro Lucas di Grassi (Abt) venceu a prova, disputada no sábado (14/07). Neste domingo (15/07) Vergne venceu a segunda prova, coroando a temporada.

Fórmula-E: Jean-Eric Vergne conquista o campeonato

Prova 1:

Di Grassi venceu a primeira prova da rodada. Foi a segunda vitória consecutiva do brasileiro, e oitava na categoria. O alemão Daniel Abt completou a dobradinha da Audi. O suíço Sébastien Buemi (Renault e.dams) fechou o pódio.

Depois de alinhar apenas em 11º, di Grassi fez um grande começo de prova, com diversas ultrapassagens. Alcançando a segunda posição na 20ª volta, ao ultrapassar Buemi.

Depois da parada nos boxes, para a troca de carro, o campeão de 2016/2017 assumiu a ponta na 24ª volta, ao superar Abt. No restante de prova di Grassi controlou os ataques de Abt, cruzando a linha de chegada com 0s965 de vantagem.  Pole-position Buemi foi o terceiro.

Fórmula-E: Jean-Eric Vergne conquista o campeonato

O francês Tom Dillmann (Venturi) terminou em quarto, seguido por Vergne e o alemão Nick Heidfeld (Mahindra).

Os alemães Andre Lotterer (Techeetah) e Maro Engel (Venturi), o britânico Sam Bird (DS Virgin), que disputava o título com Vergne, e o francês Nicolas Prost (Renault e.dams) fecharam a zona de pontos.

O brasileiro Nelsinho Piquet (Jaguar) abandonou.

Final, prova 1, sábado 14/07:

1 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi – 43 voltas

2 – Daniel Abt (Audi) – Audi – 0.965

3 – Sebastien Buemi (Renault) – Renault e.dams – 2’’583

4 – Tom Dillmann – (Venturi) – Venturi – 4’’090

5 – Jean-Eric Vergne (Renault) – Techeetah – 4’’679

6 – Nick Heidfeld (Mahindra) – Mahindra – 5’’142

7 – Andre Lotterer (Renault) – Techeetah – 5’’810

8 – Maro Engel (Venturi) – Venturi – 6’’312

9 – Sam Bird (DS Virgin) – DS Virgin – 6’’833

10 – Nicolas Prost (Renault) – Renault e.dams – 8’’389

11 – Antonio Felix da Costa (Andretti) – Andretti – 9’’114

12 – Stéphane Sarrazin (Andretti) – Andretti – 13’’242

13 – Jerome D’Ambrosio (Penske) – Dragon – 13’’805

14 – Felix Rosenqvist (Mahindra) – Mahindra – 35’’452

15 – Luca Filippi (NextEv) – NIO – 1’29’’169

Volta mais rápida: Daniel Abt 1’15’’082

Abandonos:

Alex Lynn (DS Virgin) – DS Virgin – 33 voltas

Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 30 voltas

Nelson Piquet (Jaguar) – Jaguar – 30 voltas

Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 0 volta

Oliver Turvey (NextEV) – NIO – Não largou

Prova 2:

Neste domingo (15/07) Vergne venceu a prova de encerramento da temporada. Foi a sua quarta vitória na temporada, e quinta na categoria. Di Grassi e Abt completaram o pódio, garantindo a Audi o título de construtores.

Terceiro no grid Verge assumiu a ponta logo nas primeiras voltas. E resistiu aos ataques de di Grassi nas voltas finais, vencendo com 0s5 de vantagem. Abt fechou o pódio.

Buemi foi o quarto, seguido pelo sueco Felix Rosenqvist (Mahindra), o neozelandês Mitch Evans (Jaguar) e Piquet.  Heidfeld, Lotterer, que levou largou em segundo, mas levou uma punição de dez segundos por queima de largada, e Bird fecharam a zona de pontos.

Vergne somou 198 pontos. Di Grassi foi o vice-campeão com 144, seguido por Bird com 143.

Final, prova 2, domingo 15/07:

1 – Jean-Eric Vergne (Renault) – Techeetah – 43 voltas

2 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi – 0.508

3 – Daniel Abt (Audi) – Audi – 1’’287

4 – Sebastien Buemi (Renault) – Renault e.dams – 1’’780

5 – Felix Rosenqvist (Mahindra) – Mahindra – 12’’146

6 – Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 20’’050

7 – Nelson Piquet Jr (Jaguar) – Jaguar – 20’’592

8 – Nick Heidfeld (Mahindra) – Mahindra – 24’’275

9 – Andre Lotterer (Renault) – Techeetah – 28’’821

10 – Sam Bird (DS Virgin) – DS Virgin – 32’’810

11 – Nicolas Prost (Renault) – Renault e.dams – 34’’100

12 – Stéphane Sarrazin (Andretti) – Andretti – 34’’594

13 – Ma Qing Hua (NextEV) – NIO – + 1 volta

14 – Alex Lynn (DS Virgin) – DS Virgin – + 1 volta

15 – Antonio Felix da Costa (Andretti) – Andretti – + 3 voltas

Volta mais rápida: Daniel Abt 1’15’’552

Abandonos:

Maro Engel (Venturi) – Venturi – 15 voltas

Luca Filippi (NextEv) – NIO – 7 voltas

Jerome D’Ambrosio (Penske) – Dragon – 6 voltas

Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 5 voltas

Tom Dillmann – (Venturi) – Venturi – 4 voltas

Campeonato, pilotos:

1.Vergne 198; 2.Di Grassi 144; 3.Bird 143; 4.Buemi 125; 5.Abt 120; 6.Rosenqvist 96; 7.Evans 68; 8.Lotterer 64; 9.Piquet 51; 10.Turvey 46.

Campeonato, construtores:

1.Audi 264; 2.Techeetah 262; 3.DS Virgin 160; 4.Mahindra 138; 5. Renault e.dams 133; 6.Jaguar 119; 7.Venturi 72; 8.NIO 47; 9.Dragon 41; 10.Andretti 24.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *