FRenault Européia: Nevasca interrompe treinos coletivos em Nurburgring

Pilotos completaram apenas uma das quatro sessões de testes que estavam previstas para o circuito, e voltarão a treinar na semana que vem na França.

Uma forte nevasca interrompeu os treinos coletivos desta semana da Fórmula Renault Européia no circuito de Nurburgring, na Alemanha. Por causa do mau tempo, 33 pilotos que disputarão a temporada de 2007 da categoria puderam completar apenas uma das quatro sessões de testes que estavam previstas para o circuito, o que fez com que as equipes programassem mais dois dias de treinos para a próxima semana no circuito de Le Mans, na França.

“Já estava nevando no dia anterior ao do início dos testes em Nurburgring, mas conseguimos completar a primeira sessão apesar do tempo instável. Para mim, teria sido importante dar mais algumas voltas por essa pista antes do início da temporada, mas o teste valeu ao menos como um primeiro contato com o circuito. Por isso, considerei a experiência positiva”, apontou o paulista Felipe Lapenna, único brasileiro na competição.

Mais uma vez, o equilíbrio marcou os ensaios coletivos da categoria, e o resultado voltou a agradar Lapenna. Novamente sem conseguir passar pneus novos – ele foi atrapalhado por uma bandeira vermelha quando estava em sua volta rápida –, Lapenna ficou com o 13º tempo, um resultado considerado positivo para um estreante no circuito.

“Esse traçado é longo, tanto que nossas voltas levam cerca de 1:59s, e por isso a diferença entre os primeiros pode ser considerada pequena. Em termos de extensão, o circuito de Nurburgring está para a Fórmula Renault Européia como o de Brasília está para a Fórmula Renault Brasileira. Por isso, seria comum se a diferença entre os ponteiros fosse muito grande, mas os 14 primeiros colocados estão dentro do mesmo segundo”, apontou Lapenna. Uma boa volta pelo circuito da Capital Federal com um carro da categoria fica em torno de 1min55, e nos treinos para a etapa brasiliense do ano passado, apenas cinco pilotos ficaram dentro do mesmo segundo.

O melhor tempo na única sessão de treinos realizada em Nurburgring ficou com o piloto Oliver Oakes, da equipe Motopark, que estabeleceu a marca de 1:58.922. O time conquistou três das quatro primeiras colocações no teste desta semana na Alemanha. Campeão da Fórmula Renault Brasileira em 2006 e recordista de vitórias na categoria no país, Felipe Lapenna estréia na Europa no dia 1 de abril, quando fará a etapa de abertura do Campeonato Italiano da categoria. Na terça e na quarta-feira da semana que vem, ele volta à pista para mais dois dias de testes na França.

Os 15 mais rápidos em Nurburgring foram:
1) Oliver Oakes (Motopark),1:58.922
2) Fabio Onidi (Motopark),1:59.344
3) Frank Kechele (Motopark),1:59.348
4) Jaime Alguersuari (Epsilon),1:59.357
5) Tobias Hegewald (Motopark),1:59.497
6) Daniel Zampieri (Cram),1:59.505
7) Nelson Panciatici (SG),1:59.510
8) Brendon Hartley (Epsilon),1:59.615
9) Henkie Waldschmidt (Prema),1:59.652
10) Martin Plowman (Prema),1:59.676
11) Stefano Coletti (Epsilon),1:59.774
12) Oliver Turvey (Jenzer),1:59.910
13) Felipe Lapenna (BVM Minardi),1:59.952
14) Mihai Marinescu (District),1:59.972
15) Mika Maki (Epsilon),2:00.013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *