FRenault: Romancini chega a Interlagos cotado para a vitória

Ganhador da preliminar do GP Brasil, há cerca de um mês, piloto da equipe Full Time luta para terminar sua temporada de estréia no automobilismo entre os quatro primeiros colocados na principal categoria de base do país.



Com o título de campeão da quinta temporada da Fórmula Renault definido em favor do paulista Felipe Lapenna, outras disputas ganham destaque neste fim de semana, em Interlagos, na rodada dupla de encerramento do campeonato. Além da expectativa natural pelo embate entre Douglas Soares e Vinícius Quadros pelo vice-campeonato, as atenções se voltam, também, para a briga pelo quarto lugar – que envolve nada menos que dez pilotos.


 


“Isso significa que metade do grid da categoria chega a Interlagos com um único objetivo, e que não é pequeno. No ano passado, a quarta posição na tabela pertenceu a Paulo Salustiano, mas já foi de Carlos Iaconelli, Patrick Rocha e Marcos Gomes, atual campeão da Stock Light”, analisa Mario Romancini, o quinto na tabela. “Pelo volume de pilotos que estão nessa briga, acredito que ela seja até mais interessante que a luta pelo vice”, opina.


 


Para o piloto da equipe Full Time Sports, a rápida projeção para categorias superiores dos cinco primeiros colocados em cada uma das cinco primeiras temporadas da Fórmula Renault no Brasil – lista em que podem ser incluídos, também, nomes como Bia Figueiredo, Marcello Thomaz, Lucas Di Grassi, e Alan Hellmeister, entre outros – mostra o potencial de formação de talentos da categoria.


 


“Hoje a Fórmula Renault vive uma fase muito boa, com 20 carros no grid e pilotos que correm com o objetivo de trilhar uma carreira profissional, assim como nas duas primeiras temporadas da categoria. Esse período, inegavelmente, representou o auge da categoria no Brasil, mas estamos novamente em um bom momento e isso valoriza ainda mais os resultados obtidos por cada um dentro da pista”, declarou Romancini.


 


Vencedor da preliminar do GP Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, há cerca de um mês, Mario Romancini chega à rodada dupla de encerramento do campeonato cotado mais uma vez para o alto do pódio. Estreante no automobilismo depois de uma carreira bem-sucedida no kart, ele ressalta o fato de ter feito diversos treinos no circuito paulista durante a pré-temporada como um dos fatores que o levaram a essa conquista.


 


“Não é fácil competir contra pilotos que acumulam três ou quatro anos de experiência, e por isso meu objetivo é terminar a temporada entre os quatro primeiros no campeonato”, disse Romancini. “Conheço bem a pista de Interlagos e fico até um pouco aliviado que a disputa final seja nessa pista. O fato de eu já ter conquistado uma vitória aqui é encorajador”, finalizou o estreante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *