FSão Paulo: Fábio Orsolon vence pela quarta vez e entra na briga pelo título

O fluminense Fábio Orsolon (Unimed/Cabo Frio/Alpie Racing) conquistou neste domingo a sua quarta vitória na temporada, ao receber a bandeirada da nona etapa do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo, disputada no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, com 5s435 de vantagem sobre o paulista Denis Navarro (iaconeli Racing).


Faltando apenas duas provas para o encerramento da temporada, o piloto de Cabo Frio passou a somar 100 pontos e entrou na briga direta pelo título com o carioca Leonardo Otero (Administradora Nacional), que terminou apenas em oitavo e lidera o certame com 110 pontos.

 


O mineiro Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power) não conseguiu aproveitar a sua melhor posição de largada no ano com um bom resultado. Largando do terceiro posto, ele pulou para segundo, mas foi ultrapassado na primeira curva e completou a primeira volta em quarto, atrás de Orsolon, Otero, e Rodrigo Barbosa (Frisos Inter-Job), os três primeiros. As posições permaneceram inalteradas nas quatro primeiras voltas, quando Victor perdeu uma posição para Navarro na passagem seguinte. “Meu motor não rendia bem e não pude segurar a posição”, explicou o piloto de Alfenas, sul de Minas Gerais.


 


Completada a metade da prova, além da deficiência do motor, o piloto da Unifenas/Flash Power começou a ter dificuldades com a estabilidade de seu carro, que começou a escorregar muito de traseira. “Ai não tinha muito que fazer. Perdia tempo com a falta de estabilidade, e na hora que acelerava o carro não desenvolvia. Só procurei caprichar no traçado para não rodar e perder mais tempo”, contou Victor, que foi ultrapassado pelo veterano Paulo Meyer na nona volta. “Não foi a corrida que eu planejava, mas a equipe e o preparador de motor ficaram de revisar tudo e trabalhar muito para que eu tenha um carro vencedor nas provas finais”, espera o piloto de apenas 16 anos de idade.


 


A 10ª e penúltima etapa do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo será realizada depois da reabertura do Autódromo de Interlagos, dia 5 de novembro.  


 


Todos os monopostos da Fórmula São Paulo utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 135 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.


 


Os dez primeiros na nona etapa da Fórmula São Paulo foram:


1) Fábio Orsolon (Unimed/Cabo Frio), 18 voltas em 32min05s582;


2) Denis Navarro (Iaconeli Racing), a 5s435;


3) Rodrigo Barbosa (Frisos Inter-Job), a 5s519;


4) Paulo Meyer (Interkart), a 16s769;


5) Ricardo Zappelini (Transnaza), a 18s098;


6) Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power), a 27s094;


7) Allisson Paulinely Silva (Virtual Panorâmico), a 49s022;


8) Leonardo Otero (Administradora Nacional), a 6 voltas;


9) Felipe Stanev (Guaraná Dolly), a 8 voltas;


10) Cesar Ramos (ProAr), a 9 voltas.


 


Depois de nove etapas, o Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo está assim:


1) Leonardo Otero (RJ), 110 pontos;


2) Fábio Orsolon (RJ), 100;


3) Allisson Paulinely Silva (SC), 86;


4) Rodrigo Barbosa (SP), 80;


5) Ricardo Zappelini (SC), 77;


6) Victor Corrêa (MG), 50;


7) Leonardo Zappelini (SC), 30;


8) Fernando Rodrigues (SP), 26;


9) Paulo Meyer (SP), 18;


10) Rodolpho Santos (GO) e Vinicius Mauri (SP), 16.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *