GP2 Series: Bruno Senna abandona cedo GP da Europa

Toque na primeira volta deixa brasileiro fora da segunda prova em Nürburgring.

Durou apenas uma volta a participação de Bruno Senna na 11ª etapa da Fórmula GP2. Depois de uma largada voadora, que o levou do 15º lugar no grid para a 10ª posição, um toque no carro do venezuelano Ernesto Viso danificou irremediavelmente a sua suspensão dianteira direita. Era o fim da segunda corrida do GP da Europa, na preliminar da Fórmula 1 em Nürburgring.

“Foi uma batidinha leve, mas bastou para quebrar a suspensão. Eu tinha saído muito bem e o carro parecia bem melhor que na prova do sábado”, explicou Bruno, que ainda acumulou outro prejuízo. Com os resultados do fim de semana, o piloto da Arden International caiu da 4ª para a 7ª colocação no campeonato.

A abertura da segunda metade do calendário foi vencida pelo espanhol Javier Villa (Racing Engineering), que partiu da pole e comandou as 24 voltas sem sofrer ameaças. Apesar da queda na classificação geral, Bruno demonstra tranqüilidade quanto à segunda metade do ano. “Está muito embolado perto de mim. Só preciso voltar a pontuar, o que espero aconteça já nas próximas etapas”, comentou.

O campeonato voltará a ser movimentado dias 4 e 5 de agosto, na Hungria. O circuito é ainda desconhecido de Bruno Senna, que deve fazer o reconhecimento de Hungaroring na próxima quarta ou quinta-feira. “Vou andar com uma Ferrari de rua. Não é a mesma coisa, mas sempre ajuda.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *