GP2 Series: Câmbio quebra e tira chance de pódio de Lucas

“Carro estava bom mas, já no meio da prova, ficou sem duas marchas e se arrastou pela pista”, disse o brasileiro, que ainda chegou em 7º.

O brasileiro Lucas Di Grassi perdeu o que pode ter sido sua primeira chance de subir ao pódio do Campeonato de Fórmula GP2, que realizou neste domingo a 19ª etapa da temporada no circuito de Istambul, Turquia. Lucas largou em quarto e se manteve no pelotão dianteiro até a quebra da 2ª marcha ainda na 10ª das 23 voltas que teve a corrida. Três giros mais tarde, o câmbio GearTek do Dallara de Lucas perdeu também a 3ª marcha. “A partir daí tive que me contentar em me defender de quem vinha atrás”, resume Di Grassi. “Diante da situação, chegar em 7º foi ótimo. Afinal, eu só tinha da 4ª marcha em diante e isso comprometeu todo o rendimento do carro e minha maneira de pilotar”. O GP2 tem seis marchas.

A vitória da prova coube ao austríaco Andreas Zuber, da equipe Trident Racing, que largou em segundo, assumiu a ponta na largada e não mais perdeu a dianteira até o final. Nelson Ângelo Piquet, da Piquet Sports, largou em oitavo e terminou a prova em 5º. O terceiro brasileiro na competição, Xandinho Negrão (Piquet Sports), largou da pole (foi o 8º na prova do sábado e ficou com o 1º lugar no grid do domingo devido à inversão da posição dos oito primeiros) e abandonou a corrida devido à quebra da barra de direção. O resultado foi benéfico para o inglês Lewis Hamilton (ART Grand Prix), que agora tem dez pontos de vantagem sobre Piquet na briga pelo título.

A rodada dupla final da temporada será disputada nos dias 9 e 10 de setembro, no circuito de Monza, Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *