GP2 Series: indiano vence e campeonato vai aberto à final

O indiano Karun Chandhok conquistou uma surpreendente e inédita vitória na Fórmula GP2 neste domingo em Spa-Francorchamps, na Bélgica. O piloto da Durango Racing, uma das menores equipes da categoria, saiu em segundo e tomou a ponta do espanhol Andy Soucek (DPR) com uma espetacular ultrapassagem por fora na freada para a curva Les Combes já no terço final da corrida. Soucek terminou em segundo, à frente de Lucas di Grassi (ART), que voltou a subir ao pódio com a terceira colocação e deixou o campeonato totalmente em aberto ao reduzir para apenas dois ponto a diferença em relação ao líder Timo Glock (iSport). O alemão sequer largou depois do toque que recebeu do argentino Ricardo Risatti (Racing Engineering) na volta de apresentação.

 


Dos demais brasileiros, Bruno Senna (Arden International) chegou em 8º e Xandinho Negrão (Medley) cruzou a linha de chegada em 16º. “Meu motor não estava rendendo nada. Sem velocidade nas retas, não tinha como me aproximar do pessoal que seguia à minha frente”, contou Xandinho, que abandonou no sábado com o motor quebrado a pouco mais de uma volta para o final quando corria em 6º. “Uma pedra furou meu radiador. Essa foi a razão da quebra”, explicou, decepcionado com o motor instalado no carro da Minardi Piquet Sports para a corrida de hoje.


A temporada chegará ao final na rodada dupla de Valência (Espanha) nos próximos dias 29 e 30. Não há favorito entre os dois candidatos ao título. Glock venceu quatro corridas em 2007, mas deixou escorrer pelos dedos na Bélgica uma vantagem que era de 11 pontos, além da possibilidade de liquidar a fatura por antecipação. Di Grassi ganhou apenas uma vez, mas vem fazendo uma campanha mais consistente e regular. Foi o único a sair de todos os eventos na zona de pontuação.


O resultado da 19ª etapa:


1 – Karun Chandhok (Índia), Durango, 18 voltas em 36min19s434 (200,041 km/h)
2 – Andy Soucek (Espanha), DPR, a 1s531
3 – Lucas di Grassi (Brasil), ART GP, a 2s682
4 – Ho-Pin Tung (China), BCN Competición, a 2s975
5 – Mike Conway (Inglaterra), SuperNova, a 3s728
6 – Adam Carroll (Irlanda do Norte), FMS, a 5s636
7 – Luca Filippi (Itália), SuperNova, a 6s707
8 – Bruno Senna (Brasil), Arden International, a 8s837
9 – Kazuki Nakajima (Japão), DAMS, a 9s305
10 – Roldán Rodríguez (Espanha), Minardi Piquet Sports, a 12s919
16 – Xandinho Negrão (Brasil), Minardi Piquet Sports, a 28s532


A nova classificação do campeonato: 1, Timo Glock, 79 pontos; 2, Lucas di Grassi, 77; 3, Luca Filippi, 58; 4, Giorgio Pantano, 49; 5, Kazuki Nakajima, Javier Villa e Adam Carroll, 36; 8, Bruno Senna, 34; 9, Andreas Zuber, 30; 10, Pastor Maldonado, 25; 19, Xandinho Negrão e Andy Soucek, 8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *