GP2 Series: Jules Bianchi vence em Silverstone

O francês Jules Bianchi (ART) venceu neste sábado (09/07), em Silverstone, na Inglaterra, a prova de abertura da 5ª etapa da temporada. O alemão Christian Vietoris (Racing Engineering) e Marcus Ericsson (iSport) completaram o pódio.

Com a pista molhada, a prova começou com o safety-car a frente dos carros. Na 3ª volta o carro de segurança deixou a pista. Pole-position Bianchi manteve a ponta, seguido pelo português Álvaro Parente (Carlin) e Vietoris.

Na 8ª volta Vietoris superou Parente, pela segunda posição. Com a pista secando os pilotos começaram a entrar nos pits, para colocar pneus slick, com Bianchi tendo sete segundos de vantagem sobre Vietoris.

Bianchi foi um dos últimos a entrar nos boxes, na 15ª volta, retornando a pista com Vietoris, que parou uma volta antes; colado em sua traseira. Na 16ª volta Vietoris passou na saída da curva Luffield, contudo pouco depois, na curva Copse, Bianchi retomou a liderança. Os dois continuaram grudados, com o alemão novamente superando Bianchi na volta seguinte, por fora na curva Stowe. Na freada para a curva seguinte o francês reassumiu a ponta, para não mais perder.

Nas voltas seguintes Bianchi abriu vantagem sobre Vietoris, vencendo com quatro segundos de vantagem. Vietoris, que nas voltas finais teve que controlar os avanços de Ericsson, foi o 2º. Primeiro a colocar pneus slick, Ericsson fechou o pódio.

Líder do campeonato o francês Romain Grosjean (DAMS), terminou em 4º, depois de largar em 13º (devido a uma punição). O britânico Sam Bird (iSport) foi o 4º, seguido pelo espanhol Dani Clos (Racing Engineering) e o monegasco Stefano Coletti (Trident). O holandes Giedo van der Garde (Addax), vice-líder do campeonato, terminou em 8º, e garantiu a pole para a segunda prova (Devido ao grid revertido dos oito primeiros).

O brasileiro Luiz Razia (AirAsia) foi o 18º.

Final:

1 – Jules Bianchi – Lotus ART – 29 voltas em 58m40s818
2 – Christian Vietoris – Racing Engineering – 4″177
3 – Marcus Ericsson – iSport – 4″935
4 – Romain Grosjean – Dams – 5″627
5 – Sam Bird – iSport – 11″424
6 – Dani Clos – Racing Engineering – 23″293
7 – Stefano Coletti – Trident – 31″959
8 – Giedo Van der Garde – Addax – 33″711
9 – Alvaro Parente – Carlin – 34″394
10 – Esteban Gutierrez – Lotus ART – 41″761
11 – Charles Pic – Addax – 41″971
12 – Johnny Cecotto – Ocean – 46″881
13 – Luca Filippi – Super Nova – 47″848
14 – Davide Valsecchi – Air Asia – 49″612
15 – Fabio Leimer – Rapax – 50″717
16 – Pal Varhaug – Dams – 56″960
17 – Luiz Razia – Air Asia – 58″332
18 – Rodolfo Gonzalez – Trident – 1’05″327
19 – Kevin Ceccon – Coloni – 1’06″251
20 – Jolyon Palmer – Arden – 41″153 *
21 – Fairuz Fauzy – Super Nova – 1’20″989
22 – Julian Leal – Rapax – 1’26″252
23 – Josef Kral – Arden – 1’33″465
24 – Michael Herck – Coloni – 1 volta
*Punido em 30 s por toque com Gutierrez na 1ª volta

Volta mais rápida: Romain Grosjean 1’43″274

Abandono:

Max Chilton – Carlin – 14 voltas

Campeonato:

1.Grosjean 40; 2.Van der Garde 34; 3.Bird 31; 4.Valsecchi 30; 5.Pic 24; 6.Bianchi 20; 7.Clos 19; 8.Coletti 16; 9.Ericsson 14; 10.Razia 11; 11.Kral 10; 12.Filippi, Gutierrez 9; 14.Leimer, Parente 8; 15.Fauzy, Chilton 3; 17.Herck 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *