GP2 Series: Luiz Razia faz boa corrida na estréia em Barcelona

Piloto brasileiro, que largou em 21º, chegou a estar em décimo até ter um pneu furado. Parada para troca de pneus custou a ele oito posições.

O baiano Luiz Razia fez boa estréia na temporada de 2009 da Fórmula GP2. Embora o resultado final da prova deste sábado (9), em Barcelona, sugira uma corrida de menor brilho, a primeira experiência do brasileiro na categoria por muito pouco não terminou com uma vaga entre os Top 10.

Largando em 21º, Razia chegou a recuperar onze posições durante a prova, e mantinha o décimo posto até ter um pneu furado na parte final da prova. O pit stop forçado custou a ele oito posições, e derrubou o brasileiro para o 18º lugar – Razia ainda ganhou duas posições com o abandono de Lucas Di Grassi e Alvaro Parente e fechou a etapa em 16º.

“Estou satisfeito com minha estréia na GP2, porque mesmo vindo de trás consegui manter um bom ritmo e terminar a prova. Isso significa mais quilometragem com esse carro, o que e é muito importante nesta minha primeira temporada na categoria”, disse Razia. “Se não tivéssemos tido problema com o pneu, eu teria terminado a prova em nono, o que seria ainda melhor para uma corrida de estréia”, declarou o brasileiro.

Largando cinco posições à frente na prova deste domingo – que terá transmissão ao vivo pelo SporTV às 5h30 da manhã –, Razia espera, novamente, receber a bandeira quadriculada com uma boa atuação. “Tivemos um ritmo competitivo neste sábado, tanto que no final da prova cheguei a estar mais rápido que os ponteiros. Naturalmente ainda precisamos melhorar um pouco nosso ritmo de corrida, e vamos trabalhar no carro para isso. Mas creio que nossa maior dificuldade nessa primeira etapa foi mesmo o treino de classificação”, apontou o brasileiro.

A prova de abertura da Fórmula GP2 foi vencida pelo francês Romain Grosjean, que largou na pole position. Seu companheiro na equipe Barwa Campos Team, o russo Vitaly Petrov, chegou em segundo. Jérôme d’Ambrosio, da DAMS, completou o pódio. Entre os brasileiros, Diego Nunes recebeu a bandeirada em 11º e Alberto Valério, em 15º.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *