GP2 Series: Nelsinho Piquet ganha terreno em Magny-Cours

Brasileiro é o quarto colocado na corrida deste sábado na pista francesa e diz que resultado é importante para a briga pelo campeonato.

O brasileiro Nelsinho Piquet (Oi / Unibanco) conquistou a quarta colocação, neste sábado (dia 15), na disputa da 12ª etapa da Fórmula GP2, no circuito de Magny-Cours, na França.

A vitória ficou com o alemão Timo Glock, que completou as 41 voltas em 1h01min14s385. Ainda completaram o pódio os pilotos Alexandre Premat, em segundo, e Jose Maria Lopez, em terceiro.

Largando em quinto lugar, Nelsinho teve uma corrida dura e, logo no início, foi obrigado a ceder posições para se livrar de um acidente, que envolveu os pilotos Lewis Hamilton e Adam Carroll. No entanto, a equipe Piquet Sports adotou uma excelente estratégia e Nelsinho foi um dos primeiros a parar no pit para a troca de pneus. O time foi bastante rápido e o piloto voltou para a pista e assumiu a segunda colocação após a parada de todos os adversários.

Apesar disso, o brasileiro acabou sendo forçado a abrir mão da colocação, após levar um toque de Premat, que o obrigou a sair da pista. Durante a corrida, Nelsinho não contou com o melhor acerto do seu carro e, no final, sofreu com o desgaste dos pneus e perdeu o pódio a quatro voltas do encerramento da prova, quando foi ultrapassado, terminando em quarto.

Mesmo assim, ele ficou satisfeito por ter marcado pontos importantes para a briga pelo campeonato. “Não foi a melhor das largadas, mas eu estava bem. Na primeira curva, no entanto, o Hamilton bateu no Carroll bem na minha frente e tive de ir para fora para não bater em ninguém e acabei perdendo algumas posições”, contou.

“O carro não estava tão bom e fizemos o nosso pit stop um pouco mais cedo. Foi uma parada fantástica da equipe e que me colocou em segundo. No entanto, o carro estava difícil de guiar nas últimas 10 voltas”, explicou.

“Eu sabia que o Lewis estava bem atrás, então era importante terminar nos pontos. Por isso, embora eu esteja chateado por ter sido apenas o quarto, foi ótimo para o campeonato, porque a diferença diminuiu”, destacou Nelsinho.

Na etapa deste domingo (16), como o grid é definido pela ordem invertida dos oito primeiros na prova de hoje, Ferdinando Monfardini larga na pole position. Nelsinho vai partir da quinta colocação. A 13ª corrida do ano terá sua largada às 5 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SporTV. Serão disputadas 28 voltas.

“Vou largar em uma boa posição e quero marcar pontos para estar ainda mais próximo do Hamilton”, finalizou o brasileiro.

Os melhores na 12ª etapa da GP2, disputada em Magny-Cours:
1. Timo Glock (Ale) 41 voltas em 1h01min14s385
2. Alexandre Premat (Fra) a 5s988
3. Jose Maria Lopez (Arg) a 17s100
4. Nelsinho Piquet (Bra) a 24s226
5. Xandinho Negrão (Bra) a 27s944

6. Giorgio Pantano (Ita) a 31s586
7. Lucas di Grassi (Bra) a 34s277
8. Ferdinando Monfardini (Ita) a 46s130
19. Lewis Hamilton (GB) a uma volta

Classificação atual do campeonato:
1. Lewis Hamilton (GB) 68
2. Nelsinho Piquet (BRA) 51 pontos
3. Alexandre Premat (FRA) 44
4. Ernesto Viso (VEN) 26
5. Michael Ammermuller (ALE) 25
Nicolas Lapierre (FRA) 25
7. Timo Glock (ALE) 24
8. Gianmaria Bruni (ITA) 22
9. José Maria Lopez (ARG) 21
Adam Carroll (GB) 21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *