GP2 Series: Pastor Maldonado vence a segunda prova em Silverstone

O venezuelano Pastor Maldonado, da ART, venceu neste domingo (21/06), a prova de encerramento da quarta etapa da temporada, em Silverstone, na Inglaterra. O austríaco Andreas Zuber, da FMSI, e o indiano Karun Chandhok, completaram o pódio.

Na volta de apresentação o italiano Giacomo Ricci, da DPR, teve um problema, com a direção de prova decidindo por mais uma volta de aquecimento. O italiano David Valsecchi, da Durango, ficou parado no grid na saída da segunda volta de apresentação, com os dois largando dos boxes.

Maldonado superou o pole-position Zuber na primeira curva da prova, liderando todas as 23 voltas da corrida. Após a primeira curva da corrida, não houve nenhuma mudança nos oito primeiros colocados.

Faltando duas voltas para o final, o espanhol Dani Clos, da Racing Engineering rodou, ficando parado no meio da curva Club. O Safety-Car foi acionado para retirar o carro do espanhol.

Com o carro de segurança à frente, Maldonado venceu pela segunda vez no ano, seguido por Zuber. Chandhok conquistou o seu primeiro pódio.

Líder do campeonato, o francês Romain Grosjean, da Barwa Addax, terminou em 4º, seguido pelo alemão Nico Hülkenberg, da ART. O mexicano Sergio Perez, da Arden, completou os seis que pontuam na prova curta.

Vencedor da prova de sábado, o brasileiro Alberto Valério, da Piquet GP, terminou em 7º, seguido pelo belga Michael Herck, da DPR. O russo Vitaly Petrov, da Barwa Addax, chegou em 10º.

Lucas di Grassi, da Racing Engineering, teve problemas na embreagem na largada, ficando parado no grid. O brasileiro caiu para o final do pelotão, rodou na 5ª volta, finalizando a corrida na 19ª posição. Com um carro rápido, Di Grassi marcou a melhor volta da prova. 

O brasileiro Luiz Razia, da FMSI, abandonou na 11º volta, depois de ter um pneu furado, devido a um toque de Clos. O brasileiro Diego Nunes, da iSport, abandonou na largada, depois de rodar e tocar o muro de traseira.

Grosjean tem 40 pontos na liderança do campeonato. Petrov, que chegou a Inglaterra na liderança, mas saiu sem ponto algum, manteve os 33, caindo para a vice-liderança. Maldonado e Hülkenberg dividem a terceira posição, com 26. Di Grassi é o 5º com 24 e Valério o 7º, com 16.

A próxima rodada dupla acontece 11 e 12 de julho em Nurburgring, Alemanha.

Final:

1 – Pastor Maldonado – ART – 23 voltas em 35m27s955
2 – Andreas Zuber – FMSI – 0″618
3 – Karun Chandhok – Ocean – 3″417
4 – Romain Grosjean – Barwa Addax – 3″447
5 – Nico Hulkenberg – ART – 3″856
6 – Sergio Perez – Arden – 3″936
7 – Alberto Valerio – Piquet GP – 4″316
8 – Michael Herck – DPR – 4″524
9 – Roldan Rodriguez – Piquet GP – 5″030
10 – Vitaly Petrov – Barwa Addax – 5″463
11 – Alvaro Parente – Ocean – 5″916
12 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 6″553
13 – Giedo Van der Garde – iSport – 7″188
14 – Davide Valsecchi – Durango – 8″339
15 – Javier Villa – Super Nova – 15″244
16 – Luca Filippi – Super Nova – 34″869
17 – Kamui Kobayashi – Dams – 36″225
18 – Ricardo Texeira – Trident – 36″688
19 – Lucas Di Grassi – Racing Engineering – 1 volta
20 – Davide Rigon – Trident – 1 volta

Volta mais rápida: Lucas Di Grassi 1’29″069

Abandonos:

Edoardo Mortara – 19 voltas
Dani Clos – 19 voltas
Nelson Panciatici – 17 voltas
Luiz Razia – 11 voltas
Diego Nunes – 0 volta

Giacomo Ricci – 0 volta

Campeonato:

1.Grosjean 40; 2.Petrov 33; 3.Maldonado, Hulkenberg 26; 5.Di Grassi 24; 6.D’Ambrosio 18; 7.Valerio 16; 8.Zuber 14; 9.Filippi 13; 10.Mortara 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *