GP2 Series: Razia ganha 13 posições, mas sofre quebra de câmbio a três curvas do final

Piloto brasileiro já estava em décimo na etapa deste sábado em Silverstone, quando abandonou. Quebra jogou o baiano para a 20ª posição no grid de largada deste domingo.

Faltou sorte ao piloto brasileiro Luiz Razia na sétima etapa da Fórmula GP2, realizada neste sábado em Silverstone, na Inglaterra. Largando em 23º depois de enfrentar um problema no treino classificatório, Razia já tinha ganhado 13 posições na corrida quando foi obrigado a abandonar, com problemas de câmbio, a três curvas da bandeira quadriculada.

A prova deste sábado marcou o melhor resultado do ano para os pilotos brasileiros na GP2, já que terminou com a dobradinha de Alberto Valério e Lucas Di Grassi. Razia, que esteve perto de completar uma de suas melhores corridas na categoria, festejou o resultados dos veteranos brasileiros na competição, e lamentou a perda da oportunidade de largar na quinta fila na corrida deste domingo.

“Gostaria de ter terminado entre os dez primeiros para poder largar mais bem colocado neste domingo, e ficar a três curvas da bandeirada é um pouco decepcionante”, declarou Razia. “De qualquer maneira, fiquei satisfeito com a evolução que conseguimos desde o primeiro treino. Como vem ocorrendo nesse meu ano de estréia na GP2, cada treino ou corrida representa um passo à frente em minha adaptação ao carro e aos circuitos”, acrescentou.

A largada para a oitava prova da Fórmula GP2 está marcada para as 5h30 deste domingo, com transmissão ao vivo pelo SporTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *