GP2 Series: Sébastien Buémi vence em Hungaroring

O suíço Sébastien Buémi, da Arden, venceu neste domingo (0308), a 14º etapa da temporada, em Hungaroring, na Hungria, válida pelo encerramento da 7º rodada dupla da temporada. Foi a segunda vitória de Buemi na categoria. O espanhol Andy Soucek, da Super Nova, foi o 2º, seguido pelo brasileiro Bruno Senna, da iSport.

Logo na volta de apresentação os carros do indiano Karun Chandhok, da iSport e do belga Jerome D’Ambrosio, da Dams, tiveram que ser levados aos boxes, depois de ficarem parados no grid. O indiano abandonou.


Pole-position Soucek manteve a ponta na largada, seguido por Buemi, o inglês Mike Conway, da Trident e o brasileiro Lucas Di Grassi, da Campos. Di Grassi tentou superar Conway na 2º volta, com os dois se tocando. O inglês rodou perdendo muitas posições.


Depois de serem punidos, após a prova de ontem e terem que largar nas últimas posições, o francês Romain Grosjean, da ART, (que bateu em Pantano na prova de sábado) e o português Álvaro Parente, da Super Nova (que provocou a batida do chinês Ho Pin Tung), se estranharam na 5º volta. O português rodou, ficando parado na pista após o toque.  Na volta seguinte o brasileiro Carlos Iaconelli, da BCN, abandonou com o carro fazendo muita fumaça.


Pelo toque em Conway, Di Grassi levou um dirve-though na 10º volta. Na 13º volta Soucek errou a freada, escapando da pista e perdendo a liderança para Buemi. Di Grassi cumpriu a sua punição, voltando em 12º lugar.


O venezuelano Pastor Maldonado, da Piquet Sports, começou a se aproximar de Soucek, na luta pelo segundo lugar. Senna vinha logo atrás em 4º. Faltando três voltas para a bandeirada Maldonado abandonou com problemas no carro.


Buemi venceu com 7s978 de vantagem para Soucek, com Senna em 3º. O ex-F-1, o japonês Sakon Yamamoto, da ART, terminou em 4º, seguido por Pantano, que fez uma grande prova de recuperação após largar do fim do grid. O espanhol Javier Villa, parceiro de Pantano na Racing Engineering, completou os seis que pontuam na prova curta de domingo.


Di Grassi chegou em 10º. Ao menos ele salvou um pontinho, com a melhor volta da prova. Os brasileiros Diego Nunes, da DPR e Alberto Valério, da Durango, foram, respectivamente, 15º e 17º colocados.


Parente lidera o campeonato, com 65 pontos. Com os dois pódios do final de semana Senna diminuiu a diferença para sete pontos. Di Grassi é o 3º com 39, seguido por Grosjean, com 36.


A próxima rodada dupla acontece nos dias 23 e 24 de agosto, no circuito de rua de Valência, na Espanha.


 


Final:


1 – Sebastien Buemi – Arden – 28 voltas em 42’39″084
2 – Andy Soucek – Super Nova – 7″978
3 – Bruno Senna – iSport – 8″066
4 – Sakon Yamamoto – ART – 14″075
5 – Giorgio Pantano – Racing Engineering – 15″766
6 – Javier Villa – Racing Engineering – 18″841
7 – Andreas Zuber – Piquet – 18″533
8 – Kamui Kobayashi – Dams – 19″152
9 – Vitaly Petrov – Campos – 19″718
10 – Lucas Di Grassi – Campos – 30″140
11 – Mike Conway – Trident – 30″847
12 – Romain Grosjean – ART – 31″225
13 – Davide Valsecchi – Durango – 35″546
14 – Ho Pin Tung – Trident – 51″478
15 – Diego Nunes – DPR – 53″495
16 – Michael Herck – DPR – 1’00″993
17 – Alberto Valerio – Durango – 1’04″537
18 – Pastor Maldonado – Piquet – 3 laps
19 – Adrian Valles – BCN – 3 laps


Volta mais rápida: Lucas Di Grassi 1’30″367


Abandonos:
Luca Filippi – 23 voltas
Jerome D’Ambrosio – 21 voltas
Marko Asmer -12 voltas
Roldan Rodriguez – 8 voltas
Carlos Iaconelli – 6 voltas
Alvaro Parente – 5 voltas
Karun Chandhok – 0 volta


Campeonato:


1.Pantano 65;
2.Senna 58;
3.Di Grassi 39;
4.Grosjean 36;
5.Buemi 34;
6.Zuber 32;
7.Chandhok 31;
8.Parente, Maldonado 26;
10.Petrov 20;
11.Conway 18;
12.Kobayashi, Soucek 9;
14.Tung 7;
15.Rodriguez, Villa 6;
17.Buurman, Filippi, Valles 5;
20.Valsecchi, D’Ambrosio, Yamamoto 3;
23.Hanley, Carroll 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *