GP2 Series: Xandinho abandona após toque na largada em Monza

O sonho de uma corrida de recuperação no fechamento da rodada dupla do Grande Prêmio da Itália se desfez rapidamente para Xandinho Negrão (Medley) neste domingo em Monza.

Envolvido em toque com o turco Jason Tahinci (FMS) ainda na primeira curva, o brasileiro da Minardi Piquet Sports abandonou logo em seguida com a suspensão dianteira comprometida. A vitória ficou com o alemão Timo Glock (iSport), que disparou na ponta da classificação com 78 pontos, 11 a mais que o vice-líder Lucas di Grassi (ART GP).

Xandinho sabia que teria uma missão difícil pela frente. Na véspera, depois de correr em terceiro lugar por mais da metade da primeira prova, chegou com uma volta de atraso depois que uma freada forte o obrigou a entrar nos boxes para investigar a excessiva trepidação do carro. Por isso, largou hoje da 15ª posição, em plena zona de risco do meio do pelotão. “Aquela curva é sempre um problema quando se está no bolo. Infelizmente, o choque aconteceu”, resumiu Xandinho, que manteve a 18ª colocação no campeonato.

A temporada da Fórmula GP2 também está chegando à reta final. Já na quarta-feira, Xandinho segue para Spa-Francorchamps, na Bélgica, que recebe o penúltimo grande prêmio do calendário. “Parecia que minha sorte seria diferente na Itália. Eu vinha motivado pelo segundo lugar na Turquia, larguei em sexto no sábado e estava muito próximo de subir ao pódio pela segunda vez. Paciência. Vamos ver se a sorte muda novamente em Spa”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *