GP2 Series: Xandinho Negrão encerra testes em 11º na França

“Resultados nesta fase não têm muita relevância”, ressalva.

Quarto colocado na véspera, Xandinho Negrão terminou hoje em 11º no segundo e último dia de testes da Fórmula GP2 em Paul Ricard. Nos tempos gerais, Xandinho deixou o circuito do sul da França com o 12º lugar entre os mais de 30 pilotos que participaram dos ensaios de inverno. Apesar de um certo desapontamento com a queda de rendimento do carro da Piquet Sports, o campeão sul-americano de Fórmula 3 de 2004 relativizou os resultados. Com a marca de 1:13.595, registrada nesta manhã, o francês Franck Perera (Durango) fechou como o mais rápido da semana.

“É difícil estabelecer uma comparação porque as equipes estão trabalhando de formas diferentes. Nós, por exemplo, estamos procurando melhorar o acerto do carro e reduzir o consumo de pneus, um problema que sempre preocupa na Fórmula GP2. Mas sabemos que tem gente querendo apenas fazer tempo, andando com o carro muito leve. O Giorgio Pantano até foi punido com a perda de todas as voltas de hoje porque o carro da Campos Racing estava abaixo do peso mínimo. Aliás, é até curioso que a Durango – última colocada num campeonato encerrado há menos de dois meses – tenha dominado os testes aqui em Paul Ricard”, comentou.

Sobre os últimos treinos, Xandinho disse que a Piquet Sports continuou experimentando uma série de novas regulagens aerodinâmicas e nas suspensões, mas que o dia não foi tão produtivo quanto terça-feira. “Ventou demais e a pista mudou bastante o tempo todo. Por isso, não conseguimos manter a mesma consistência dos primeiros treinos. Pela manhã, eu estava virando na casa de 1:14s com pneus velhos. Às 10 horas, coloquei um jogo novo e não aconteceu nada. Ontem, minha melhor passagem no primeiro trecho foi de 31s9; hoje, não baixei de 32s7. Estava estranho mesmo”, continuou.

Xandinho volta a testar segunda e terça-feira próximas em Jerez de la Frontera, na Espanha, e terá pela primeira vez a presença do espanhol Roldan Rodriguez como companheiro na Piquet Sports. Hoje, o segundo carro da equipe foi conduzido pelo tcheco Tomas Kostka, que terminou em 14º (1:14.572).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *