GP2 Series: Xandinho Negrão pode voltar no GP de Mônaco

Brasileiro continua em repouso depois do acidente na Espanha.

Ainda em repouso em sua casa, conseqüência da batida de sábado em Barcelona, Xandinho Negrão (Medley) espera ser liberado pelos médicos da Federação Internacional de Automobilismo para disputar o GP de Mônaco, etapa da Fórmula GP2 marcada para o próximo dia 27 no circuito urbano de Montecarlo. Xandinho envolveu-se em acidente logo na primeira curva e acabou impedido de correr no domingo a segunda prova do GP da Espanha.

“Minhas costas ainda estão doloridas, mas não estou mais tomando medicação. Agora, é só descansar até as dores cessarem de vez. A tendência é que ao longo da semana eu retome as atividades normalmente. Os médicos da FIA ainda querem me examinar antes da corrida, mas tenho certeza que não haverá problema”, afirmou Xandinho, que pela primeira vez deixou de fazer parte de uma programação da Fórmula GP2 desde a criação da categoria em 2005.

O choque do piloto da Minardi Piquet Sports com o inglês Mike Conway aconteceu depois da longa reta de Barcelona. “Eu tinha largado muito bem, estava rápido, quando o Conway surgiu do nada na minha frente na primeira curva. Fiquei sem saída e dei na traseira dele. Só que meu carro subiu e caiu com força. Com o impacto, fiquei sem ar e com muitas dores nas costas. Fui atendido no ambulatório e depois encaminhado ao Hospital de Catalunya, porque também não estava nem conseguindo comer. Então, me colocaram no soro e me deixaram em observação até a manhã do domingo”, explicou.

Xandinho não conseguiu chegar a tempo de assistir à vitória do alemão Timo Glock na quarta etapa. Mas contabilizou o prejuízo provocado pela ausência. “Era uma corrida para somar muitos pontos. Meu companheiro de equipe estava atrás de mim naquele ponto e ainda terminou em quarto. Poderia ter saído da Espanha entre os cinco melhores do campeonato. Foi uma pena, mas a temporada está apenas começando e ainda há tempo para recuperação”, lembrou.

A Minardi Piquet Sports agendou uma sessão de treinos de Fórmula 3000 para sexta-feira em Silverstone. O objetivo dos testes era apenas dar aos pilotos da equipe a possibilidade de voltar a andar num circuito que receberá a Fórmula GP2 em julho. Agora, os testes servirão também para uma avaliação inicial das condições de Xandinho antes da consulta com os médicos da FIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *