GP3: Mitch Evans e Tamas Pal Kiss vencem em Barcelona

O neozelandês Mitch Evans (Arden) e o húngaro Tamas Pal Kiss (Tech 1) foram os vencedores da segunda etapa da temporada, disputada em Barcelona, na Espanha. Ambos largaram na pole e venceram de ponta a ponta.

Prova 1:

No sábado (21/5), Evans venceu a primeira prova da etapa. O britânico James Calado (ART) e o finlandês Aaro Vainio (Tech 1) completaram o pódio.

Pole position Evans não fez uma boa largada, quase perdendo a ponta para o italiano Andrea Caldarelli (Tech 1) na primeira curva. Depois o neozelandês não foi mais incomodado, vencendo de ponta a ponta. Calderelli acabou sendo superado por Calado e Vainio na volta inicial.

Com Evans e Calado disparados na frente, a disputa pelo terceiro lugar movimentou a prova. Vainio, Caldarelli e o suíço Nico Muller (Jenzer) cruzaram a linha de chegada, separados por apenas 0s527.

Líder do campeonato o holandês Nigel Melker (Mucke) foi o 6º, seguido pelo britânico Dean Smith (Addax) e Kiss, que garantiu a pole para a segunda prova.

Entre os brasileiros Pedro Nunes (Lotus ART) terminou em 15º. Leonardo Cordeiro (Carlin) foi o 23º.

Final, prova 1:

1 – Mitch Evans – Arden – 16 voltas em 27’19”175
2 – James Calado – Lotus ART – 1”885
3 – Aaro Vainio – Tech 1 – 7”224
4 – Andrea Caldarelli – Tech 1 – 7”432
5 – Nico Muller – Jenzer – 7”751
6 – Nigel Melker – Mucke – 8”574
7 – Dean Smith – Addax – 8”790
8 – Tamas Pal Kiss – Tech 1 – 10”328
9 – Vittorio Ghirelli – Jenzer – 11”930
10 – Valtteri Bottas – Lotus ART – 13”495
11 – Adrian Quaife-Hobbs – Manor – 15”294
12 – Antonio Felix Da Costa – Status GP – 20”311
13 – Gabby Chaves – Addax – 20”611
14 – Lewis Williamson – Arden – 21”230
15 – Pedro Nunes – Lotus ART – 24”071
16 – Zoel Amberg – Atech – 26”521
17 – Ivan Lukashevich – Status GP – 27”108
18 – Michael Christensen – Mucke – 27”770
19 – Matias Laine – Manor – 32”782
20 – Rio Haryanto – Manor – 33”320
21 – Conor Daly – Carlin – 36”714
22 – Luciano Bacheta – Mucke – 37”458
23 – Leonardo Cordeiro – Carlin – 44”098
24 – Daniel Morad – Carlin – 44”886
25 – Nick Yelloly – Atech – 49”737
26 – Marlon Stockinger – Atech – 51”623
27 – Simon Trummer – Arden – 1 volta

Volta mais rápida: Valtteri Bottas 1’41”633

Abandonos:
Dominic Storey – Addax – 9 voltas
Alexander Sims – Status GP – 3 voltas
Maxim Zimin – Jenzer – 0 volta

Prova 2:

Neste domingo (22/05), Kiss venceu a segunda prova, seguido por Melker e Smith.

Kiss manteve a ponta na largada, com Melker passando Smith pelo segundo lugar. Vários carros queimaram a largada, ficaram parados no grid, causando muita confusão. Muller acabou sendo acertado pelo filipino Marlon Stockinger (Atech CRS) e o britânico Alexander Sims (Status), com os três abandonando.

Kiss abriu uma confortável vantagem sobre Melker, vencendo com 1s29 de vantagem. Smith foi pressionado por Caldarelli até o italiano errar a três voltas do fim, com Smith abrindo vantagem e garantindo a vaga no pódio.

Evans foi o 5º. O colombiano Gabby Chaves (Addax) terminou em 6º. Após a prova Chaves levou uma punição de 20 segundos, por passar em bandeira amarela, caindo para 17º. Contudo a punição foi retirada, com Chaves retornando ao 6ª lugar, marcando o seu primeiro ponto na categoria.

Calado e Vainio foram alguns dos pilotos que levaram um drive-through por queima de largada.

Cordeiro foi o 15º e Nunes o 26º.

Melker lidera o campeonato com 22 pontos, dois a mais do que Caldarelli.

A próxima etapa acontece em Valência, na Espanha, entre os dias 24 e 26 de junho.

Final, prova 2:

1 – Tamas Pal Kiss – Tech 1 – 16 voltas em 31’08”280
2 – Nigel Melker – Mucke – 1”2
3 – Dean Smith – Addax – 2”6
4 – Andrea Caldarelli – Tech 1 – 4”0
5 – Mitch Evans – Arden – 5”6
6 – Gabby Chaves – Addax – 7”1
7 – Valtteri Bottas – Lotus ART – 9”3
8 – Vittorio Ghirelli – Jenzer – 10”6
9 – Lewis Williamson – Arden – 11”8
10 – Zoel Amberg – Atech – 14”2
11 – Rio Haryanto – Manor – 15”5
12 – Michael Christensen – Mucke – 17”3
13 – Ivan Lukashevich – Status GP – 18”0
14 – Daniel Morad – Carlin – 19”1
15 – Leonardo Cordeiro – Carlin – 19”7
16 – Luciano Bacheta – Mucke – 22”2
17 – Antonio Felix Da Costa – Status GP – 22”7
18 – Nick Yelloly – Atech – 29”7
19 – Maxim Zimin – Jenzer – 30”1
20 – Aaro Vainio – Tech 1 – 31”2
21 – James Calado – Lotus ART – 43”0
22 – Conor Daly – Carlin – 46”7
23 – Adrian Quaife-Hobbs – Manor – 50”8
24 – Matias Laine – Manor – 1 voltas
25 – Simon Trummer – Arden – 2 voltas
26 – Pedro Nunes – Lotus ART – 2 voltas
27 – Dominic Storey – Addax – 2 voltas

Volta mais rápida: Andrea Caldarelli 1’40”548

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *