GP3: Pedro faz bom treino com pneus usados na Espanha

Brasileiro esteve entre os cinco mais rápidos desta quinta-feira durante boa parte da sessão. Foco nesta sexta-feira será o desenvolvimento do carro para os pneus novos.

O brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE/Claro/Wella/Alfaparf) completou nesta quinta-feira (17) em Valência, na Espanha, uma de suas melhores participações em ensaios coletivos da Fórmula GP3 desde a estréia da nova categoria. Nos ensaios desta tarde, o paulista da equipe ART GP esteve entre os cinco mais rápidos durante todo o período em que os times optaram pelos pneus usados, e só perdeu posições quando os pilotos passaram a utilizar pneus novos.

Ao final da quinta-feira, Pedro ocupou a 19a posição na tabela de tempos, mas deixou a pista com a certeza de ter alcançado um bom desenvolvimento do carro para o ritmo de corrida. “O treino foi muito produtivo, apesar do resultado final ter sido ruim. Nesta sexta-feira o foco será buscar performance com pneus novos, porque isso significa a chance de lutar por boas posições nos treinos de classificação”, acrescentou o brasileiro.

Pedro sabe que para alcançar bons resultados na GP3 precisa iniciar as corridas bem posicionado no grid, já que a categoria alinha 30 carros a cada etapa neste ano de estréia da série. “Encontramos um bom caminho para o acerto do carro, e agora só falta adaptar essa evolução aos pneus novos. Em razão do alto grau de competitividade da GP3, sair bem posicionado no grid é fundamental para brigar por pontos, e este vem sendo o nosso objetivo”, encerrou.

As equipes da Fórmula GP3 permanecem no autódromo de Valência até esta sexta-feira, quando realizam a oitava rodada de treinos coletivos do ano. Na próxima semana, elas voltam a se encontrar nas ruas da cidade, para as etapas que integram a programação do GP da Europa da Fórmula 1. Veja como terminaram os treinos desta quinta-feira no circuito permanente de Valência:

1) Robert Wickens, 1min27s881
2) Jean Vergne, 1min28s052
3) Esteban Gutierrez, 1min28s163
4) Nigel Melker, 1min28s184
5) James Jakes, 1min28s191
6) Simon Trummer, 1min28s191
7) Doru Sechelariu, 1min28s228
8) Dean Smith, 1min28s283
9) Felipe Guimaraes, 1min28s319
10) Nico Muller, 1min28s402
11) Mirko Bortolotti, 1min28s427
12) R. Van Der Zande, 1min28s449
13) Alexander Rossi, 1min28s492
14) Pablo Sanchez, 1min28s515
15) A. Quaife-Hobbs, 1min28s530
16) Miki Monras, 1min28s568
17) Michael Christensen, 1min28s711
18) Daniel Morad, 1min28s776
19) Pedro Nunes, 1min28s816
20) Oliver Oakes, 1min28s885
21) Pal Varhaug, 1min28s956
22) Leonardo Cordeiro, 1min29s059
23) Josef Newgarden, 1min29s084
24) Rio Haryanto, 1min29s230
25) Ivan Lukashevich, 1min29s391
26) Vittorio Ghirelli, 1min29s395
27) Tobías Hegewald, 1min29s413
28) Emmanuel Piget, 1min29s653
29) Lucas Foresti, 1min30s092
30) Patrick Reiterer, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *