GP3: Robert Wickens e Esteban Gutierrez vencen em Hockenheim

O canadense Robert Wickens (Status) e o argentino Esteban Gutierrez (ART) foram os vencedores da 5ª etapa da temporada, disputada em Hockenheim, na Alemanha.

Prova 1:

No sábado (23/07), Wickens venceu a primeira prova, com o inglês James Jakes (Manor) em 2º e o holandês Renger van der Zande (RSC Mucke) completando o pódio.

Antes da prova a direção de prova anunciou que diversos pilotos haviam sido punidos após o treino classificatório, no total de 22 penalidades, com o grid sendo totalmente modificado. O norte-americano Josef Newgarden (Carlin) ficou com a pole-position, seguido por Jakes.

Na largada Wickens, saindo da 3ª posição do grid , assumiu a liderança logo na primeira volta, vencendo de ponta a ponta. O canadense recebeu a bandeirada com 2s395 de vantagem sobre Jakes. Van der Zande foi o 3º. Foi a primeira vitória de Wickens na categoria.

Gutierrez terminou em 4º, com o monegasco Stefano Coletti (Tech 1)  na 5ª posição, seguido pelo italiano Mirko Bortolotti (Addax). O brasileiro Felipe Guimarães (Addax) e o espanhol Daniel Juncadella  (Tech 1)  completaram a zona de pontos.

A prova teve a intervenção do Safety-Car por duas vezes nas três primeiras voltas. A primeira logo na volta inicial, com uma confusão eliminando de uma só vez seis carros, entre eles os dois brasileiros Leonardo Cordeiro (MW Arden) e Lucas Foresti (Carlin). Na relargada o norte-americano Alexander Rossi (ART) tentou ultrapassar o canadense     Daniel Morad (Status) acertando a traseira do rival. Rossi rodou, indo para o meio da pista, tendo muita sorte de não ser atingido por nenhum carro.

Newgarden, depois de perder posições durante a corrida, levou um toque do espanhol Roberto Mehri (Atech CRS) na disputa pela 8ª posição na ultima volta, caindo para 18º no final.

Final, prova 1:

1. Robert Wickens Status Grand Prix     29:40.963
2. James Jakes Manor Racing +2.395
3. Renger Van der Zande RSC Mücke Motorsport +3.579    
4. Esteban Guttierez ART Grand Prix +4.000    
5. Stefano Coletti Tech 1 Racing +11.336    
6. Mirko Bortolotti Addax Team +11.903    
7. Felipe Guimaraes Addax Team +12.511
8. Daniel Juncadella Tech 1 Racing +20.352    
9. Dean Smith Carlin +20.972    
10. Doru Sechelariu Tech 1 Racing +21.349    
11. Simon Trummer Jenzer Motorsport +21.647
12. Pal Varhaug Jenzer Motorsport +23.337    
13. Oliver Oakes Atech CRS GP +25.462    
14. Pedro Nunes ART Grand Prix +27.096
15. Vittorio Ghirelli  Atech CRS GP +32.796    
16. Roberto Merhi  Atech CRS GP +40.089    
17. Ivan Lukashevich Status Grand Prix +40.203    
18. Josef Newgarden Carlin  a 1 volta   
   
Abandonos:

Daniel Morad Status Grand Prix 7 voltas    
Rio Haryanto Manor Racing     6 voltas
Pablo Sanchez Lopez Addax Team 6 voltas
Tobias Hegewald RSC Mücke Motorsport 6 voltas
Michael Christensen MW Arden 3 voltas
Alexander Rossi ART Grand Prix 3 voltas
Nico Muller Jenzer Motorsport 0 volta       
Nigel Melker RSC Mücke Motorsport 0 volta       
Miki Monras MW Arden 0 volta        
Leonardo Cordeiro MW Arden 0 volta       
Lucas Foresti Carlin 0 volta       

Adrian Quaife-Hobbs Manor Racing 0 volta

Prova 2:

No domingo (25/07), Gutierrez venceu a segunda prova. Foi a sua quarta vitória no ano. Juncadella e Coletti completaram o pódio.

Assim como na prova anterior o Safety-Car foi acionado logo na primeira volta, após um múltiplo acidente que eliminou quatro carros. O suíço Simon Trummer (Jenzer) decolou após bater na traseira de outro carro.  O piloto fraturou uma vértebra.

Após a relargada Juncadella, que largou na pole, tentou conter os avanços de Gutierrez, que havia superado Bortolotti na largada. Contudo na volta seguinte o espanhol cometeu um erro, com Gutierrez assumindo a liderança.

Com Gutierrez na ponta e Juncadella em segundo, a luta pelo 3º lugar, entre Guimarães e Coletti foi decidida a duas voltas do fim, quando o brasileiro escapou da pista, pouco antes do segundo Safety-Car, perdendo quatro posições. O carro de segurança retornou a pista após Jakes tentar ultrapassar Newgarden, com os dois batendo fortemente. Com rompimentos dos ligamentos do braço direito, Jakes será operado nesta segunda-feira (25/07).

Gutierrez recebeu a bandeirada atrás do SC. Juncadella foi o 2º, com Coletti na 3ª posição. Bortolotti foi o 4º, seguido por Wickens e Nunes, que ficou com o ponto final da prova curta. Guimarães terminou em 7º, e Foresti no 14º lugar. Cordeiro abandonou na 9ª volta.

Gutierrez lidera o campeonato com 64 pontos, 30 a mais do que Wickens.

A sexta etapa acontece nos dias 31 de julho e 01 de agosto, em Hungaroring, na Hungria. 

Final, prova 2:

1. Esteban Gutierrez ART Grand Prix  32:14.652
2. Daniel Juncadella Tech 1 Racing +0.357    
3. Stefano Coletti Tech 1 racing +1.110    
4. Mirko Bortolotti  Addax Team +1.684    
5. Robert Wickens Status Grand Prix +6.404    
6. Pedro Nunes ART Grand Prix +7.896    
7. Felipe Guimaraes Addax Team +8.635    
8. Alexander Rossi ART Grand Prix +9.532
9. Daniel Morad Status Grand Prix +9.880    
10. Michael Christensen MW Arden +12.924    
11. Pablo Sanchez Lopez Addax Team +14.841
12. Dean Smith Carlin +15.583
13. Ivan Lukashevich Status Grand Prix +16.593    
14. Lucas Foresti Carlin +18.273

15. Miki Monras MW Arden +19.588    
16. Vittorio Ghirelli  Atech CRS GP +20.708    
17. Nico Muller Jenzer Motorsport +21.804    
18. Doru Sechelariu Tech 1 Racing +23.552    
19. Adrian Quaife-Hobbs Manor Racing +24.029    
20. Josef Newgarden Carlin +25.485    

Abandonos:

Oliver Oakes Atech CRS GP 16 voltas
James Jakes Manor Racing 13 voltas    
Leonardo Cordeiro MW Arden 9 voltas   
Nigel Melker RSC Mücke Motorsport 9 voltas
Rio Haryanto Manor Racing 1 volta        
Roberto Merhi Atech CRS GP 1 volta        
Renger Van der Zande RSC Mücke Motorsport 0 volta       
Simon Trummer Jenzer Motorsport 0 volta        
Pal Varhaug Jenzer Motorsport 0 volta        
Tobias Hegewald RSC Mücke Motorsport 0 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *