Grand-Am: Fittipaldi é confirmado na equipe Action Express, atual campeã da prova

Piloto brasileiro tentará o bicampeonato na tradicional corrida de endurance no final deste mês.

O ano de 2011 mal começou e o piloto Christian Fittipaldi já embarca nesta quarta-feira (dia 5) para os Estados Unidos para o início de mais uma temporada nas pistas. Campeão das 24 Horas de Daytona em 2004, o brasileiro foi confirmado na equipe Action Express Racing, atual campeã, para a disputa da 49ª edição da tradicional prova de endurance, que abre o calendário da Grand-Am, categoria de turismo norte-americana.

A corrida será realizada nos dias 29 e 30 de janeiro, mas os treinos iniciais já acontecerão nesta sexta, sábado e domingo (dias 7 a 9) no Daytona International Speedway.

Fittipaldi vai correr ao lado do português João Barbosa, do norte-americano Terry Borcheller e e do italiano Max Papis, a bordo de um Porsche / Riley (número 9). Os dois primeiros participaram da conquista inédita para o time nas 24 Horas de Daytona de 2010 (Ryan Dalziel e Mike Rockenfeller foram os outros dois pilotos na ocasião).

Borcheller também esteve ao lado de Fittipaldi na conquista em 2004. Além de Christian, apenas outro brasileiro venceu a prova: o paranaense Raul Boesel em 1988.

“Estou muito contente em correr pela equipe Action Express, principalmente em virtude da vitória deles nas 24 Horas do ano passado. Conheço a maior parte das pessoas que trabalham neste grupo e são todos extremamente competentes”, declarou Fittipaldi.

“Já trabalhei com o Iain Watt (engenheiro) durante dois anos e o conheço há uns 20 anos. Temos um relacionamento muito bom. Também já corri com um dos meus companheiros (Terry) em Daytona e Le Mans. A sinergia do grupo tem tudo para dar certo”, completou o brasileiro, que além de Daytona também já venceu outra prova de longa duração: as 24 Horas de Spa, em 1993, também pilotando um Porsche.

A Action Express está em sua segunda temporada como equipe. A vitória nas 24 Horas de Daytona, logo na estréia, surpreendeu a todos. Em 2011, a equipe disputará a prova com dois carros e grandes pilotos. Em Daytona, o time – comandado por Gary Nelson – vai contar com sete campeões da prova. Além de Fittipaldi, Barbosa, Borcheller e Papis (este último campeão em 2002), ainda terão no outro carro David Donohue, Darren Law e Buddy Rice (campeões em 2009).

Único brasileiro a competir nas três principais categorias do mundo (F-1, F-Indy e NASCAR), Fittipaldi já disputou as 24 Horas de Daytona em cinco oportunidades no circuito misto de Daytona Beach (com extensão de 3,56 milhas – cerca de 5,7 km – e 12 curvas).

Na temporada 2010, Fittipaldi disputou a Stock Car e o Trofeo Linea. Neste último, foi o quarto colocado no campeonato, com quatro pódios (1 vitória).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *