Grand-Am: Mario Haberfeld e Adrian Fernandez prontos para etapa da Virgínia

A Grand American Racing Series se prepara para sua quinta etapa da temporada neste fim de semana, no Virginia International Raceway, em Alton, Virgínia (EUA). Mario Haberfeld (Lowe’s/Liofol/Grupo Orinter) e Adrian Fernandez irão pilotar o Pontiac Riley número 12 da equipe Lowe’s Fernandez Racing no evento que acontece neste domingo (23/04) no circuito misto de 3,27 milhas (5,232 quilômetros).


Na quinta-feira (20/04), os pilotos da Grand-Am poderão testar no Virginia International Raceway. “Isso é ótimo para nós, nos dá um dia inteiro para trabalhar no nosso acerto para a corrida e para nos familiarizarmos com a pista”, comentou Haberfeld, que corre pela primeira vez neste circuito. “Fazer isso na quinta-feira aumenta as chances das condições da pista estarem as mesmas de quando corrermos no domingo. Isso é bom. Algumas vezes, você testa em um lugar e a pista está totalmente diferente quando você volta para a corrida”.

Ao contrário de Haberfeld, para Adrian Fernandez, o Virginia International Raceway não é uma pista desconhecida. O mexicano testou no circuito no ano passado, pela NASCAR Busch Series com a equipe Hendrick Motorsports. “Fiquei surpreso em como a instalação é boa. Conheci bem o lugar e gostei do que vi”, comentou o piloto, que espera uma boa apresentação da Grand-Am neste fim de semana. “Acho que a pista será mais divertida de andar no Daytona Prototypes. Até agora, tivemos ótimas corridas e acho que no domingo será o mesmo. Eu adoro circuitos permanentes. Vamos trabalhar muito para levar o carro da Lowe’s até a linha da vitória logo”.

Neste fim de semana, os Protótipos da Grand-Am irão disputar uma corrida classificatória de 30 minutos no sábado (22/04). A ordem de largada será determinada pelos tempos dos treinos livres e o resultado desta classificação irá formar o grid da corrida de domingo. O piloto que largar no sábado não poderá largar no domingo, mas poderá fazer toda a classificação. No domingo será obrigatória a mudança de pilotos. “Nosso objetivo no VIR este fim de semana será nos classificarmos bem para nos mantermos fora dos problemas dos outros quando a corrida começar”, disse Haberfeld. “Com a corrida classificatória no sábado, isso deverá nos dar uma oportunidade de estar na frente no domingo”.

Para o brasileiro, a equipe Lowe’s Fernandez Racing não tem tido sorte ao ser envolvida em acidentes de outros carros, como aconteceu em Long Beach. “Acho que estamos fazendo sólidas melhorias. Nos classificamos em 11º em Homestead e depois em quinto em Long Beach. Se pudermos continuar melhorando, vamos estar bem. Estamos apenas tendo falta de sorte. Toda vez que alguém tem um problema, parece que nos envolvemos nele e isso arruína nossa corrida. Mas nossa sorte irá aparecer”, completou, confiante.

Fernandez concorda. “Apesar de termos terminado em 11º lugar em Long Beach, estou extremamente animado em como nosso programa está progredindo. No automobilismo, a sorte é sempre um fator e fomos vítimas de estarmos no lugar errado na hora errada mais de uma vez no dia da corrida. 11º não foi o resultado que esperávamos, mas, como disse, estou extremamente satisfeito com nosso nível de competitividade. Se as coisas tivessem sido um pouco diferentes na corrida, sinto que poderíamos ter conseguido nosso primeiro pódio”.

A quinta etapa da Grand-Am acontece neste domingo, às 14h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelos canais a cabo Speed Channel e FX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *