GT Brasil: Felipe Tozzo e Raijan Mascarello vencem e embolam briga pelo título da GT Premium

Andersom Toso e Carlos Kray chegam em terceiro e ainda lideram

A primeira corrida da última etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo foi disputada sob forte chuva no autódromo de Interlagos. Pela categoria GT Premium, a briga ficou ainda mais acirrada após a vitória da dupla Felipe Tozzo e Raijan Mascarello, com a Ferrari F430. Na segunda posição, ficaram os gêmeos Felipe e Vinícius Roso, completando dobradinha do modelo italiano. Carlos Kray e Andersom Toso, de Lamborghini LP520, líderes da tabela de pontos, ficaram na terceira colocação, deixando tudo mais apertado e indefinido para a final da temporada, que será neste domingo (16), às 13hs com transmissão ao vivo pelo SporTV, RedeTV, PortalGT.com.br, UOL.com.br e TotalRace.com.br.

Felipe Tozzo contou como foi o motivo que os fez largar da última posição do grid. “A gente está tendo um problema e quando eu estou arrancando com o carro ele simplesmente apaga. Na largada aconteceu isso, apagou e eu fui para último. Lá atrás, eu não conseguia enxergar nada, vinha no spray e não podia arriscar acontecer alguma coisa. Consegui recuperei algumas posições e logo nas primeiras voltas o Kray acabou rodando, o que facilitou muito nosso trabalho”, disse.

O companheiro de equipe de Felipe, Raijan Mascarello, classificou a corrida como tranquila, já que no momento em que assumiu a pilotagem da Ferrari já tinha uma grande vantagem. “Foi tranquilo, estava com uma distância segura na frente. Depois foi suave a tocada, sempre na ponta dos dedos porque a gente não pode errar. O campeonato está aberto tanto para eles quanto para nós, mas amanhã é a decisão. Vamos torcer para acontecer tudo normal, como hoje e conquistar o título”, contou Raijan.

Segundo colocado, Felipe Roso comemorou a volta ao pódio e ao campeonato, depois do forte acidente de Guaporé, que os tirou de duas etapas. “Foi ótimo voltar. O carro ficou pronto na quinta-feira, mas chegamos aqui e ainda faltava um pouco de trabalho. Eu larguei bem, mas as marchas não estavam entrando na largada, por isso todo mundo me passou. Na sétima volta o câmbio começou a funcionar como deveria e eu consegui me recuperar na pista”.

A volta a Interlagos foi motivo de comemoração para Vinícius Roso, que nunca havia andado em São Paulo com chuva. “Correr em Interlagos é sempre bom. Fazia mais de cinco anos que não corria aqui e nunca com chuva, muito menos com um carro como a Ferrari. O carro é muito difícil de segurar e como tivemos pouco treino, então eu fui me acostumando com o ritmo durante a corrida mesmo. A gente conseguiu chegar em segundo lugar, então fizemos nossa parte”, encerrou Roso.

Terceiro na corrida, porém ainda líder do campeonato, Carlos Kray não quis colocar a culpa do resultado no acidente dos treinos e disse que o carro estava muito bom. “Na verdade o que aconteceu ontem ficou para ontem. A Lamborghini estava totalmente recuperada. Infelizmente no Laranjinha eu freei e apagou o carro. Muitas vezes ela apaga na hora que freia, forcei demais, apagou e eu rodei. Acabamos perdendo a posição para os Roso quando deixamos uma Mercedes GT3 passar, mas corridas são corridas”, completou.

Andersom Toso acredita que o terceiro lugar de hoje foi lucro, depois de tantos problemas no final de semana. “A batida ontem foi muito forte. Quem viu o estado do carro chegou a ter dúvidas se íamos conseguir recuperar, mas a equipe fez um trabalho fantástico e corremos. O carro está pagando o preço da batida, porque ele estava impossível de guiar na segunda parte da corrida hoje, escorregava muito e deve ser alguma coisa de chassi e alinhamento. Vamos ver o que vai dar amanhã”, ponderou Andersom.

No domingo (16), a corrida de encerramento do ano e definição do título será às 13hs novamente ao vivo pelas três mídias http://www.uol.com.br, http://www.totalrace.com.br e http://www.portalgt.com.br , e na TV pela RedeTV! e SporTV.

Confira a classificação o final da corrida 1 da GT Premium em Interlagos:
1º) 15 – F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT)
2º) 4 – F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS)
3º) 46 – C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS)
4º) 10 – F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS)

Classificação do Campeonato: GT Premium
1 – Andersom Toso/Carlos Kray – Lamborghini LP520 – 246 pontos
2 – Felipe Tozzo/Raijan Mascarello – Ferrari F430 – 230
3 – Pierre Ventura – Lamborghini LP520 – 150
4 – Cristiano Almeida – Lamborghini LP520 – 124
4 – Felipe Roso/Vinícius Roso – Ferrari F430 – 77
5 – Ramon Matias – Dodge Viper Competition Coupé – 48
6 – Renato Cattalini – Dodge Viper Competition Coupé – 20
7 – Lorenzo Varassin – Dogde Viper Competition Coupé – 17
8 – Henrique Assunção/Fernando Fortes – Dodge Viper Competition Coupé – 13
8 – Felipe Toledo – Lamborghini LP520 – 13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *