GT Open: De volta à Europa, Rafael Suzuki correrá no GT Open com McLaren

Após duas temporadas no Japão, paulista correrá pela Bhai Tech, chefiada pelo também brasileiro Roberto Costa, e terá Giorgio Pantano como companheiro de equipe

O piloto Rafael Suzuki terá um novo desafio na temporada 2013. Após quatro anos correndo de carros do tipo fórmula, o paulista irá ingressar no mundo do Gran Turismo a bordo de um McLaren MP4-12C, no campeonato europeu GT Open, um dos principais do Velho Continente, com cerca de 40 carros no grid e marcas como Ferrari, Porsche, Audi, Aston Martin, Mercedes, Larborghini, entre outras. A dupla de pilotos será completada pelo italiano Giorgio Pantano, que correu na F1, Indy e GP2.

Rafael, que já disputou a Formula 3 Alemã e Japonesa, defenderá as cores da Bhai Tech, que tem sede na Itália. A equipe terá o comando do engenheiro brasileiro Roberto Costa, que integrava a equipe Piquet Sports na GP2 e foi campeão da mesma categoria com Pastor Maldonado em 2010. A equipe, aliás, é apenas um dos braços da Bhai Tech, que conta com um avançado centro de ciência do motorsport, que presta consultoria para equipes de GP2, World Series e GT, além de um simulador de última geração e estrutura para preparação física e mental especializada para pilotos.

O paulista teve o primeiro contato com o carro nesta quarta-feira (27), no autódromo de Monza, e fará mais alguns testes para preparação antes do início da temporada. O campeonato tem oito rodadas duplas e visita tradicionais autódromos, começando por Paul Ricard (França), no dia 27 de abril. A categoria passa ainda por Portugal, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Bélgica e Itália.

Rafael Suzuki:

“Para mim, começar um novo ciclo com a Bhai Tech depois de anos de fórmula é o lugar ideal. Com eles vou poder aprender sobre os carros de GT além de evoluir o mais rápido possível. Fiquei surpreso com tamanha estrutura, algo que eu nunca tinha visto antes. Conheço o Roberto (Costa) há alguns anos e quando a oportunidade surgiu não pensamos duas vezes, mesmo tendo um foco inicial de continuar no Japão. Também tive uma ótima primeira impressão do carro e agora vamos focar no trabalho para fazer todo o projeto funcionar”

Roberto Costa, diretor técnico da Bhai Tech:

“A Bhai Tech é um centro de pesquisa e desenvolvimento de veículos, e pela parceria que temos com a McLaren, eles nos incentivaram a participar do GT Open. Acredito que com o Rafael Suzuki e o Giorgio Pantano temos uma dupla forte para o campeonato. Fizemos o primeiro treino com os dois e o resultado foi muito positivo, especialmente porque o Rafael não conhecia o carro nem o circuito. O único trabalho de pista que havíamos feito em Monza foi em nosso simulador, e ele fez o segundo melhor tempo do dia”

Calendário 2013 do GT Open:

1ª etapa: 27 e 28 de abril – Paul Ricard (França)
2ª etapa: 11 e 12 de maio – Portimão (Portugal)
3ª etapa: 1 e 2 de junho – Nurburgring (Alemanha)
4ª etapa: 15 e 16 de junho – Jerez (Espanha)
5ª etapa: 13 e 14 de julho – Silverstone (Inglaterra)
6ª etapa: 7 e 8 de setembro – Spa Francorchamps (Bélgica)
7ª etapa: 5 e 6 de outubro – Monza (Itália)
8ª etapa: 9 e 10 de novembro – Barcelona (Espanha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *