GT3 Brasil: Alencar Júnior e Rafael Derani mantêm sexta posição na classificação da GT3

Em dia de domínio da Lamborghini, dupla da Ferrari termina uma corrida em oitavo e outra em quinto na movimentada rodada dupla em Curitiba

 


A terceira rodada dupla do Brasil GT3 Championship, que teve suas provas realizadas neste domingo (3) no Autódromo Internacional de Curitiba, foi dominada pelas equipes que utilizam o modelo Gallardo da Lamborghini. Na quinta etapa, a vitória foi do paranaense Alceu Feldmann Filho e do paulista Paulo Bonifácio. Na segunda, os vencedores foram o paulista Xandy Negrão e o carioca Andreas Mattheis, que obtiveram a pole-position das duas etapas.


Num domingo em que as vitórias foram das duplas que ocupam as duas primeiras posições na classificação do campeonato, as equipes da Ferrari listaram motivos para comemorar. No caso do goiano Alencar Júnior e do paulista Rafael Derani, parceiros na equipe Neo Química-Neosoro/Motul, o saldo positivo ficou por conta da manutenção do sexto lugar na tabela. “Queríamos o pódio, não deu. Somamos pontos e continuamos em sexto”, comentou Alencar.


Na primeira prova do domingo, válida pela quinta etapa, Derani largou em quarto, pressionando Renato Cattalini, também com um Ferrari. A ultrapassagem que lhe valeu o terceiro lugar foi consumada na sétima volta. Na décima, superou o Lamborghini de Andreas Mattheis, que largou da pole e perdeu a liderança para Paulo Bonifácio na segunda volta, e passou a abrir vantagem na segunda posição. Bonifácio já administrava uma vantagem segura na liderança.


O bom ritmo de prova levou a equipe Neo Química-Neosoro/Motul a adiar o pit stop para troca de pilotos. Com isso, Derani, que na 17ª volta havia rodado e caído de segundo para quarto, assumiu a liderança da corrida, mantida até o pit stop. Alencar Júnior assumiu o comando do Ferrari F430 número 3 e, na fase final da prova, manteve-se em oitavo, com uma pilotagem marcada pela regularidade. “Não ultrapassei ninguém e ninguém me ultrapassou”, resumiu.


Na segunda prova, largando da oitava posição, Alencar figurava em sexto quando entrou nos boxes, na 19ª volta, para devolver o carro a Rafael. O paulista ocupava a mesma colocação na 40ª volta, quando subiu para quinto em função do acidente do gaúcho Abramo Mazzochi, que levou o safety car à pista e fez com que a prova fosse encerrada sob bandeira amarela, num instante em que o vice-líder Bonifácio tentava a aproximação para atacar a liderança de Mattheis.


Alencar e Rafael viram-se, durante toda a prova, envolvidos em uma disputa particular da Ferrari. Na primeira fase da corrida, o goiano comandou um pelotão que era formado, ainda, por Luiz Otávio Paternostro, Marcelo Fernandes e Roberto Pupo Moreno. Carlos Crespo, companheiro de Moreno, acabou levando a bandeira de desclassificação. Renato Cattalini, parceiro de Paternostro, terminou em quarto lugar. “Foi uma disputa acirradíssima”, definir Alencar.


Os resultados da rodada dupla do Brasil GT3 Championship em Curitiba, consideradas entre parênteses as posições de largada de cada dupla, foram os seguintes:
 
Quinta etapa
1º) (2) Paulo Bonifácio/Alceu Feldmann (Lamborghini Gallardo), 1h01min06s414
2º) (8) Walter Derani/Cláudio Ricci (Ferrari F430), a 16s417
3º) (6) Abramo Mazzochi/Ramon Matias (Dodge Viper Coupé), a 17s263
4º) (3) Renato Cattalini/Luiz Otávio Paternostro (Ferrari F430), a 39s193
5º) (1) Andreas Mattheis/Xandy Negrão (Lamborghini Gallardo), a 44s212
6º) (7) Amílcar Collares/Fábio Casagrande (Dodge Viper Coupé), a 58s877
7º) (11) Antonio Hermann/Lico Kaesemodel (Porsche 997 GT3 Cup), a 1 volta
8º) (4) Rafael Derani/Alencar Júnior (Ferrari F430), a 1 volta
9º) (9) Carlos Crespo/Roberto Moreno (Ferrari F430), a 1 volta
10º) (10) Sérgio Laganá/Marcelo Fernandes (Ferrari F430), a 1 volta
NÃO COMPLETOU
(5) Leonardo Burti/Paulo de Tarso (Dodge Viper Coupé), a 14 voltas
Melhor volta: Xandy Negrão, na 27ª, 1min20s022, média de 166,22 km/h
 
Sexta etapa
1º) (1) Xandy Negrão/Andreas Mattheis (Lamborghini Gallardo), 1h01min36s906
2º) (2) Alceu Feldmann Filho/Paulo Bonifácio (Lamborghini Gallardo), a 2s957
3º) (3) Cláudio Ricci/Walter Derani (Ferrari F430), a 14s377
4º) (4) Luiz Otávio Paternostro/Renato Cattalini (Ferrari F430), a 20s210
5º) (8) Alencar Júnior/Rafael Derani (Ferrari F430), a 21s440
6º) (9) Marcelo Fernandes/Sérgio Laganá (Ferrari F430), a 1 volta
7º) (7) Lico Kaesemodel/Antonio Hermann (Porsche 997 GT3 Cup), a 2 voltas
8º) (5) Fábio Casagrande/Amílcar Collares (Dodge Viper Coupé), a 2 voltas
9º) (6) Ramon Matias/Abramo Mazzochi (Dodge Viper Coupé), a 3 voltas
10º) (10) Paulo de Tarso/Leonardo Burti (Dodge Viper Coupé), a 7 voltas
DESCLASSIFICADO
(11) Roberto Moreno/Carlos Crespo (Ferrari F430)
 
Após seis etapas, a classificação do Brasil GT3 Championship é: 1º) Paulo Bonfácio/Alceu Feldmann, 56 pontos; 2º) Andreas Mattheis/Xandy Negrão, 43; 3º) Walter Derani/Cláudio Ricci, 36; 4º) Abramo Mazzochi/Ramon Matias, 32; 5º) Renato Cattalini/Luiz Paternostro, 18; 6º) Rafael Derani/Alencar Júnior, 16; 7º) Antonio Hermann/Lico Kaesemodel, 15; 8º) Leonardo Burti/Paulo de Tarso, 7; 9º) Marcelo Fernandes/Sérgio Laganá, 6; 10º) Amílcar Collares/Fábio Casagrande, 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *