GT3 Brasil: Xandy e Mattheis vencem de ponta a ponta em Curitiba

Dupla ganha a segunda na temporada, a primeira a bordo da Lambo.

 


Pilotando a Lamborghini Gallardo, Xandy Negrão e Adreas Mattheis conquistaram a segunda vitória da equipe Medley na GT3 Brasil neste domingo, em Curitiba. A dupla que fazia na capital paranaense a estréia do modelo italiano largou na frente das duas baterias da rodada dupla e cruzou a linha de chegada da sexta etapa, realizada na parte da tarde, de ponta a ponta e sem maiores dificuldades. Paulo Bonifácio e Alceu Feldman, também a bordo de uma Lambo, ganharam a primeira prova do dia. Na seqüência, ficaram com a vice-liderança.


Atrapalhados por um pneu furado no 30º giro, Mattheis e Negrão terminaram a corrida de abertura na quinta colocação e cravaram a volta a mais rápida em ambas as baterias. Primeiro com 1min20s022 e, depois, com 1min20s215. O bom desempenho do Lambo nas 86 voltas disputadas neste domingo rendeu elogios. “Tínhamos um problema com o Viper que era o câmbio. Além de o fato de eu não conseguir entrar direito nele. Com a Lambo, que tivemos a oportunidade de comprar recentemente, esses problemas desapareceram e os resultados estão aparecendo. Agora só precisamos treinar mais”, disse Xandy Negrão, Um dos pilotos mais experientes do grid e ainda hoje o 4º piloto com maior número de vitórias na Stock Car, categoria que deixou no final de 2002.


Mas se a Lambo da equipe Medley teve performance irrepreensível, o mesmo não se pode dizer do carro de Bonifácio/Alceu Feldman, que perdeu nada menos que cinco posições logo na largada. A dupla, entretanto, não teve dificuldades para escalar o pelotão e alcançar um lugar no pódio, sustentando a primeira colocação na tabela de classificação com 56 pontos. Xandy Negrão e Andreas Mattheis vêm logo atrás, com 43. “Hoje o Xandy ganhou a corrida. Ainda preciso me adaptar mais ao carro, treinar e vencer esta barreira que está me limitando”, afirmou Andreas Mattheis.


Por conta de um forte acidente de Abramo Mazzochi, parceiro de Ramon Matias, a dois minutos do fim a segunda prova foi encerrada com o Safety Car na pista. Mazzochi, que antes havia sido terceiro colocado, perdeu a direção de seu Dodge Viper na saída da terceira curva, bateu violentamente contra o guard rail e ainda capotou duas vezes. Apesar da gravidade do ocorrido, o piloto saiu ileso.


5ª etapa:
1º) Paulo Bonifácio/Alceu Feldmann (LG), 43 voltas em 1h01min06s414 (média de 156,00 km/h)
2º) Walter Derani/Cláudio Ricci (F4), a 16s417
3º) Abramo Mazzochi/Ramon Matias (VC), a 17s263
4º) Renato Cattalini/ Luís Otávio Paternostro (F4), a 39s193
5º) Xandy Negrão/Andreas Mattheis (LG), a 44s212
6º) Amílcar Collares/Fábio Casagrande (VC), a 58s877
7º) Antonio Hermann/Lico Kaesemodel (P9), a 1 volta
8º) Rafael Derani/Alencar Jr (F4, SP/GO), a 1 volta
9º) C.Crespo/Roberto Pupo Moreno (F4), a 1 volta
10º) Sérgio Laganá/Marcelo Fernandes (F4), a 1 volta
11º) Paulo de Tarso/Leonardo Burti (VC), a 14 voltas



6ª etapa:


1º) Xandy Negrão/Andreas Mattheis (LG), 43 voltas em 1h01min36s906 (média de 154,72 km/h)
2º) Paulo Bonifacio/Alceu Feldmann (LG), a 2s957
3º) Walter Derani/Cláudio Ricci (F4), a 14s377
4º) Renato Cattalini/Luís Otávio Paternostro (F4, a 20s210
5º) Rafael Derani/Alencar Jr (F4), a 21s440
6º) Sérgio Laganá/Marcelo Fernandes (F4), a 1 volta
7º) Antonio Hermann/Lico Kaesemodel (P9), a 2 voltas
8º) Almícar Collares/Fábio Casagrande (VC), a 2 voltas
9º) Abramo Mazzochi/Ramon Matias (VC), a 3 voltas
10º) Paulo de Tarso/Leonardo Burti (VC), a 7 voltas


Legendas:
LG: Lamborghini Gallardo
VC: Dodge Viper Coupé
F4: Ferrari 430
P9: Porsche 997


A nova classificação: 1, Alceu Feldmann e Paulo Bonifácio, 56 pontos; 2, Xandy Negrão e Andreas Mattheis, 43; 3, Walter Derani e Cláudio Ricci, 36; 4, Abramo Mazzochi e Ramin Matias, 32; 5, Renato Catalini/Luís Otávio Paternoso, 18; 6, Rafael Derani/Alencar Jr, 16; 7, Antonio Herman/Lico Kaesemodel, 15; 8, Paulo de Tarso/Leonardo Burti, 7; 9, Sérgio Laganá/Marcelo Fernandes, 6; 10, Almícar Collares/Fábio Casagrande, 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *