GT3 Brasil: Chuva rouba a cena no domingo em Interlagos

Dupla líder do campeonato, Cláudio Ricci e Rafael Derani, fecha a rodada com mais um pódio, na terceira colocação.

A chuva que caiu sobre a região do autódromo de Interlagos, em São Paulo, no início da tarde deste domingo (23) acabou se tornando o grande personagem da 10ª etapa do Itaipava GT3 Brasil. Ainda quando os pilotos se preparavam para alinhar no grid de largada, começou uma garoa fina – que se transformou em chuva quando a corrida chegava à sua metade. Em um cenário de pista molhada e muitas escapadas, a equipe CRT Brasil colocou duas das suas Ferrari F430 no pódio, repetindo o bom desempenho do sábado.

Na Ferrari #3, que venceu primeira etapa do final de semana, Cláudio Ricci foi o responsável pelo primeiro turno de pilotagem. Largando a pole-position, o piloto se manteve o tempo todo na ponta e entregou o carro na primeira posição para seu parceiro, Rafael Derani, que continuou impondo um ritmo forte de corrida. Mas, a pouco mais de três voltas do fim, o safety-car interveio para que dois carros que haviam rodado fossem retirados da pista. Depois de duas voltas atrás do carro de segurança, no momento em que se preparava para a relargada, Rafael Derani foi traído pela pista molhada e rodou na subida dos boxes em Interlagos. Com uma recuperação rápida, ainda recebeu a bandeirada na terceira posição.

“As condições da pista estavam muito ruins”, contou Rafael Derani. “Acabei rodando quando estava em primeiro a uma volta do fim, mas paciência. Conseguimos um terceiro lugar que é um bom resultado para o campeonato”, concluiu o piloto, que divide com Cláudio Ricci a liderança do Itaipava GT3 Brasil.

“Uma corrida com chuva sempre é uma loteria, você pode ser traído pelas condições a qualquer momento”, comentou Ricci. “O Rafael vinha muito bem na prova, mas teve essa infelicidade. Por outro lado conseguiu levar o carro para terceiro e marcou pontos que serão importantes na decisão da temporada”, completou o piloto gaúcho. A prova do domingo em Interlagos foi vencida pela dupla formada por Miguel Paludo e Ricardo Maurício, com um Porsche 911 GT3.

Na equipe CRT Brasil, a dupla Rodolpho Santos e Walter Derani subiu novamente ao pódio, dessa vez com o quarto lugar no resultado geral e a segunda posição na classe Master. “Tivemos um grande resultado hoje, principalmente com pelas condições adversas da pista”, vibrou Walter Derani. “Estava muito difícil pilotar. A equipe me chamava para entrar nos boxes e trocar os pneus slicks pelos de chuva, mas arrisquei ficar na pista para não perder posições com a parada e deu tudo certo”, contou o piloto. Para Rodolpho Santos, o resultado comprova a evolução da dupla. “Foi uma prova muito difícil, que terminou com um resultado excelente. Acho que fizemos um de nossos melhores finais de semana no ano e isso nos dá muita confiança para o restante do campeonato”, avaliou.

Com o resultado deste domingo, Cláudio Ricci e Rafael Derani se mantêm na liderança do Itaipava GT3 Brasil, agora com 142 pontos. São 19 a mais que Thiago Camilo, o vice-líder. A próxima rodada da competição está marcada para os dias 25, 26 e 27 de setembro no autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *