IndyCar: Dario Franchitti vence de ponta a ponta em Sonoma

O escocês Dario Franchitti, da Ganassi, venceu neste domingo (23/08), o GP de Sonoma, 14ª etapa da temporada. Foi a quarta vitória do escocês no ano. O australiano Ryan Briscoe, da Penske, e o inglês Mike Conway, da DreyereReinbold, completaram o pódio.

Pole-position Franchitti manteve a ponta na largada, seguido pelos Penske de Briscoe e Helio Castroneves. Logo na segunda curva oito pilotos se envolveram numa confusão, com carros se tocando ou saindo da pista. O venezuelano Ernesto Viso, da HVM, abandonou, com os norte-americanos, Marco Andretti, da Andretti-Green, sua parceira de equipe Danica Patrick, e Graham Rahal, da Newman-Haas-Lanigan, mais o brasileiro Tony Kanaan, e o estreante francês Franck Montagny, ambos da Andretti-Green, junto com o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, e Conway, tendo que parar nos pits para repararem seus carros.

O Safety-Car foi acionado, permanecendo na pista por cinco voltas, para a retirada dos destroços espalhados. Franchitti continuou na frente na relargada, com Briscoe em segundo. Castroneves era pressionado por Hideki Mutoh, da Andretti-Green, conseguindo livrar vantagem sobre o japonês somente após a sua primeira parada nos boxes, na 27ª volta. Briscoe e Franchitti entraram nos pits na volta seguinte.

Franchitti, Briscoe e Castroneves passaram a correr separados por pouco mais de um segundo, com Mutoh em 4º, seguido pelo brasileiro Mario Moraes, retornando ao cockpit do Dallara-Honda da KV Racing.

Na 52ª volta Castroneves fez a sua segunda parada nos boxes. Briscoe e Franchitti entraram novamente juntos duas voltas depois.

Sem ter feito a sua segunda parada, Kanaan tentou ultrapassar Castroneves, com os dois se tocando. O carro da Penske decolou por alguns segundos, aterrissando com violência, com o brasileiro retornando a prova. Logo após o toque Kanaan fez a sua segunda parada.

Com a suspensão danificada Castroneves foi perdendo posições, caindo para a 6ª posição. Faltando nove voltas para o final Castroneves saiu da pista, ficando parado na grama, acionando a última bandeira amarela da corrida. Na mesma volta o norte-americano Ryan Hunter-Reay, da Foyt, parou na pista, com o motor quebrado.

Na 71ª volta a prova recomeçou, com Briscoe mantendo a pressão sobre Franchitti até a bandeirada final. O escocês cruzou a linha de chegada com 0s2488 de vantagem sobre Briscoe, que reassumiu a liderança do campeonato.

Depois de se atrasar na confusão da primeira volta, Conway fez uma grande prova, ultrapassando Mutoh e Moraes na relargada, para conquistar o seu primeiro pódio na categoria.

Moraes, em 4º, conquistou o seu melhor resultado na categoria. Mutoh foi o 5º, seguido pelo espanhol Oriol Servià, da Newman-Haas-Lanigan. Kanaan terminou em 8º, seguido pelo compatriota Raphael Matos, da Luczo Dragon.

Dixon, que chegou a Sonoma na liderança do campeonato, vinha na 10ª posição, até ser cutucado por Andretti na última curva e rodar, terminando em 14º.

Briscoe soma 497 pontos, quatro a mais do que Franchitti. Dixon     caiu para terceiro, com 477. Castroneves é o 4º, com 371. Kanaan, com 318, é o 7º, Matos, 14º, com 252 e Moraes, o 18º, somando 213.

A próxima acontece no sábado (29/08), o GP de Chicago, a primeira de uma seqüência de três corridas em ovais.

Final:

1º Dario Franchitti [Chip Ganassi] 1h50min18seg
2º Ryan Briscoe [Penske] +0.2488
3º Mike Conway [Dreyer & Reinbold] +0.8293
4º Mario Moraes [KV Racing Technology] + 3seg6171
5º Hideki Mutoh [Andretti Green Racing] + 5seg4536
6º Oriol Servià [Newman Haas Lanigan] + 6seg3801
7º Justin Wilson [Dale Coyne] + 6seg6997
8º Tony Kanaan [Andretti Green Racing] + 7seg1808
9º Raphael Matos [Luczo dragon Racing] + 8seg5936
10º Robert Doornbos [HVM Racing] + 10seg8175
11º Marco Andretti [Andretti Green Racing] + 10seg9385
12º Ed Carpenter [Vision Racing] + 11seg3688
13º Dan Wheldon [Panther Racing] + 12geg4000
14º Scott Dixon [Chip Ganassi] + 13seg8968
15º Richard Antinucci [Team 3G/CURB] + 19seg0650
16º Danica Patrick [Andretti Green Racing] + 1 volta
17º Milka Duno [Dreyer & Reinbold] + 4 voltas
18º Hélio Castroneves [Penske] + 9 voltas
19º Ryan Hunter Reay [A. J. Foyt] + 10 voltas
20º Franck Montagny [Andretti Green Racing] + 18 voltas
21º Graham Rahal [Newman Haas Lanigan] + 45 voltas
22º Ernesto José Viso [HVM Racing] + 74 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *