GT3 Brasil: GT3 atinge metade da temporada esquentando briga pelo título

A chegada de um novo Lamborghini e a reação dos times que utilizam Porsche 997 GT3, Ferrari F430 e Dodge Viper geram expectativa na rodada do fim se semana em Curitiba.

 


Com 60 pontos em jogo nas três rodadas duplas restantes, o Brasil GT3 Championship assiste no próximo final de semana a mais um embate na disputa pela liderança do torneio. A temporada 2007 terá ao todo dez corridas, divididas em cinco rodadas duplas. Válidas pela 5ª e 6ª etapas, as provas deste fim de semana em Curitiba prometem estar entre as mais quentes até o momento, com a chegada de um novo Lamborghini Gallardo a ser conduzido pela dupla Xandy Negrão/Andréas Mattheis, atual vice-líder do torneio. A dupla da equipe Medley espera que com o novo bólido possa chegar mais perto dos líderes Paulo “Boni” Bonifácio e Alceu Fledmann, que têm utilizado o outro Lamborghini do torneio para garantir o primeiro lugar na tabela. Os líderes contam com a vantagem da assessoria do engenheiro alemão Dirck Martin, que participou na Europa do projeto de desenvolvimento do Gallardo com a empresa Reiter Engineering.


Mas o bólido italiano terá que se defender do ataque da dupla gaúcha Abramo Mazzochi/Raul Matias, que conduz o agressivo Dodge Viper e tem sido a mais regular da temporada, com três terceiros e um segundo lugares nas quatro etapas disputadas até aqui. Curitiba pode ser ainda o palco da primeira vitória de um dos Ferrari F430 na temporada, especialmente o conduzido pelo gaúcho Cláudio Ricci e o paulista Walter Derani, detentores de todas as melhores voltas em corrida registradas até agora. Outro Ferrari que deve andar forte é o F430 da dupla Luis Octávio Paternostro e Renato Catallini, que agora conta com a chefia de equipe a cargo de Rosinei Campos, o consagrado “Meinha”, responsável pelo título de Cacá Bueno na Stock Car em 2006, entre diversos outros feitos no esporte a motor brasileiro. E vale destacar também a expectativa em torno da reação do Porsche 997 GT3 da dupla Antonio Hermann/Lico Kaesemodel, que pretende entrar na briga pelo primeiro lugar na competição.


Outras duplas devem influenciar fortemente a briga pela liderança. É o caso do paranaense Paulo de Tarso e do paulista Leonardo Burti, que estrearam na rodada dupla anterior com um Viper e se mostraram competitivos desde o primeiro treino em que estiveram na pista. Com o carro preparado pela Action Power, um dos times mais competentes do automobilismo brasileiro na atualidade, Tarso e Burti devem brigar pelo menos por pódios já a partir das provas deste fim de semana.


Confira a classificação da GT3 após quatro corridas:


1º) P.Bonifacio/A.Feldmann, 38


2º) A.Mattheis / X.Negrão, 29


3º) A.Mazzochi/R.Matias, 26


4º) W.Derani/C.Ricci, 22


5º) A.Hermann/L.Kaesemodel, 11


      R.Derani/Alencar Jr, 11


7º) L. Paternostro/R. Catallini, 8


8º) P.Tarso/L.Burti, 7


9º) M.Fernandes/S.Laganá, 3 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *