GTBR4: Categoria chega à penúltima etapa com disputa ponto a ponto pela liderança

Considerando o descarte obrigatório de um resultado no fim da temporada, seis pilotos e duplas ainda têm chances de título em 2010

Dividido em duas categorias que alinham no mesmo grid de largada, mas com resultado e pontuação separadas, o Itaipava GT Brasil teve uma excelente surpresa na primeira temporada da história da Itaipava GTBR4, que reúne modelos Ferrari Challenge, Maserati Trofeo e Ginetta G50. O campeonato chega à penúltima etapa, marcada para os dias 30 e 31 de outubro, em Pinhais, com disputa pelo título ponto a ponto entre Valter Rossete e Renan Guerra.

São eles os pilotos com maiores chances de ficar com o primeiro lugar em 2010. Valter Rossete tem a liderança na tabela de classificação, com quatro pontos de vantagem sobre Renan Guerra. “Nosso melhor ponto neste ano tem sido a regularidade, já que não deixamos de pontuar em nenhuma corrida. Espero continuar assim”, afirma Fabio Greco, que é o parceiro de pilotagem de Valter Rossete, com um Ferrari Challenge.

Mas ele acredita que é o carro do adversário, um Maserati Trofeo, que deve levar vantagem em Pinhais. “Essa etapa será muito difícil para nós, o Maserati Trofeo (carro de Renan Guerra) deve estar mais rápido e os Ginetta G50 são um grande mistério, já que nunca correram lá”, destaca Fabio Greco. Por incrível que pareça, neste caso até o adversário concorda, especialmente se chover nos dois dias, como prevê o The Weather Channel.

O Ferrari Challenge é um modelo que comprovadamente tem tido mais dificuldades no piso molhado. “Se chover em Pinhais será um pouco melhor para nós em comparação com a Ferrari, mas de toda forma sei que será difícil”, analisa Renan Guerra. Ele quer aproveitar a possível vantagem da melhor forma possível, consciente de que na etapa seguinte a situação será exatamente inversa.

“A última corrida do ano, em Interlagos será mais complicada para nós. Então, meu objetivo é ir para lá já na frente. O Rossete não está à toa na liderança do campeonato. Será um final de campeonato muito apertado e disputado, disso eu tenho certeza”, acrescenta o piloto, que apesar de ser o vice-líder ficaria com o título se o campeonato acabasse hoje: leva vantagem no descarte obrigatório do pior resultado desta segunda metade da temporada.

O descarte está previsto no regulamento e, atualmente, deixaria Renan Guerra com um ponto a mais do que Valter Rossete. A regra, na verdade, ajuda muita gente. Aplicada, passa a dar chances de título para até seis pilotos e duplas. Entram bem na briga os terceiros colocados, Cristiano Federico e Leonardo Medrado, e a dupla que ocupa o quarto lugar, Marçal Melo e William Freire.

E possibilidades matemáticas ainda existem para Sérgio Lagana e Alan Hellmeister, em quinto, e para o sexto colocado, Henrique Assunção. Vale lembrar que na primeira passagem do Itaipava GT Brasil por Pinhais neste ano, em abril, o domínio foi absoluto de Renan Guerra. Ele fez a pole position, a melhor volta e venceu as duas corridas do fim de semana. Mas já faz tempo. O novo momento torna tudo muito mais imprevisível. E interessante.

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO (APÓS 12 DE 16 CORRIDAS)
Itaipava GTBR4
1º) Valter Rossete, FC, 175
2º) Renan Guerra, MA, 171
3º) Fábio Greco, FC, 147
4º) Leonardo Medrado/Cristiano Federico, FC, 141
5º) Marçal Mello/William Freire, GI, 129
6º) Sergio Laganá/Alan Hellmeister, FC, 120
7º) Henrique Assunção, MA, 117
8º) Carlos Kray, MA, 95
9º) Ricardo Ribeiro/Gustavo Sondermann, MA, 88
10º) Carlos Burza, GI, 65
11º) João Marcelo, MA, 61
12º) Otávio Mesquita,FC, 51
13º) Osvaldo Federico/Rodrigo Navarro, MA, 49
14º) Marcello Sant’Anna,FC, 42
15º) Eduardo Furlanetto, MA, 41
16º) Leonardo Burti, GI, 27
17º) Roberto Amaral, MA, 25
18º) Roberta Amaral, MA, 16
19º) Rodrigo Stefanini, MA, 10
20º) André Posses, MA, 9
20º) Mauricio Olio, MA, 9
22º) Vinicius Roso/Felipe Roso, MA, 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *