IndyCar: Em final histórico Dan Wheldon vence a 100ª edição das 500 Milhas de Indianápolis

O britânico Dan Wheldon (Herta) venceu neste domingo (29/05), a 100ª edição das 500 milhas de Indianápolis, 5ª etapa da temporada. O norte-americano JR Hildebrand (Panther) terminou em 2º, seguido pelo compatriota Graham Rahal (Ganassi).

Hildebrand, que havia abastecido pela última vez na 164º volta, liderava a prova, quando na última curva bateu no muro e foi se arrastando com o carro destruído até a bandeirada, sem, contudo conseguir evitar a ultrapassagem de Wheldon, que venceu com 2s10 de vantagem.

Wheldon havia terminado em 2º nas duas últimas edições, curiosamente pela Panther, que por uma curva não entrou para a historia das 500 Milhas. Ele já havia vencido a prova em 2005, pela Andretti Green. Dispensado pela Panther no final de 2010 Wheldon aceitou o convite do ex-piloto Bryan Herta para fazer disputar apenas as 500 Milhas.

Rahal foi o 3º. O brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) terminou em 4º, seguido pelo espanhol Oriol Servia (Newman-Haas), que liderou várias voltas.

Kanaan fez uma grande prova. Depois de largar em 23º o baiano chegou a 6ª posição, quando levou um toque da estreante britânica Pippa Mann (Conquest) nos boxes, e perdeu vinte posições.

A Ganassi dominou mais de três quartos da prova, com o neozelandês Scott Dixon e o escocês Dario Franchitti se revezando na liderança. Porém Dixon, após o seu último pit stop, não conseguiu retornar a ponta, com Franchitti, que assim como Hildebrand fez o último pit stop a 36 voltas do final, tendo que voltar aos boxes na 199ª volta. Dixon foi o 6º com Franchitti na 12ª posição.

O belga Bertrand Baghette (Rahal Letterman Lanigan) era o líder até a 196ª volta, quando parou nos boxes para reabastecer. Terminou em 7º. O sul-africano Tomas Scheckter (AFS/KV) foi o 8º, com os norte-americanos Marco Andretti e Danica Patrick, parceiros na Andretti Autosport, fechando os dez primeiros. Patrick chegou a liderar nas 20 últimas voltas, mas entrou nos pits na 189ª volta, para reabastecer.

Entre os demais brasileiros Vitor Meira (A.J.Foyt) foi o 15º; Helio Castroneves (Penske) 17º e Bia Figueiredo (Dreyer&Reinbold) 21ª. Tricampeão da prova Castroneves não liderou nenhuma volta nesta edição.

Pole-position o canadense Alex Tagliani (Sam Schmidt) liderou a prova no começo, permanecendo entre os primeiros até acertar o muro na 147ª volta e quebrar a suspensão de seu Dallara-Honda.

Logo nas primeiras voltas a KV Racing ficou sem dois de seus três carros. O japonês Takuma Sato provocou a primeira bandeira amarela na 21ª volta ao acertar o muro. Na relargada o venezuelano Ernesto Viso também bateu no muro.

Tambem provocaram bandeiras amarelas depois de acertarem o muro o norte-americano Jay Howard (Rahal/Schmidt) que depois de um longo pit stop retornou a prova; o canadense James Hinchcliffe (Newman-Haas).

Na 157ª volta o australiano Ryan Briscoe (Penske) e o norte-americano Towsend Bell (Sam Schmidt) se enroscaram, com ambos parando com os carros danificados no muro. Foi a 7ª e última amarela da prova.

Líder do campeonato o australiano Will Power não teve um bom dia. Logo no primeiro pit stop ele perdeu o pneu traseiro esquerdo, saindo da disputa pelas primeiras posições. No final foi o 14º.

Power soma 168 pontos. Franchitti em 2º soma 154, seguido por Servia com 110.

A próxima etapa acontece no dia 11 de Junho, no Texas.

Final:

1º – Dan Wheldon (ING) Brian Herta Autosport – 200 voltas 
2º – JR Hildebrand (EUA) Panther – 2s1086 
3º – Graham Rahal (EUA) Chip Ganassi – 5s5949 
4º – Tony Kanaan (BRA) KV Racing – 7s4870  
5º – Oriol Servia (ESP) Newmann Haas – 8s8757 
6º – Scott Dixon (NZL) Chip Ganassi – 9s5434
7º – Bertrand Baguette (BEL) Rahal Letterman Lanigan – 23s9631 
8º – Tomas Scheckter (AFS) SH Racing – 24s3299  
9º – Marco Andretti (EUA) Andretti Autosport – 25s4711 
10º – Danica Patrick (EUA) Andretti Autosport – 26s4483  
11º – Ed Carpenter (EUA) Sarah Fischer – 27s0375  
12º – Dario Franchitti (ESC) Chip Ganassi – 56s4167  
13º – Charlie Kimball (EUA) Chip Ganassi – 1 volta  
14º – Will Power (AUS) Penske – 1 volta
15º – Vitor Meira (BRA) A.J. Foyt – 1 volta
16º – Justin Wilson (ING) Dreyer & Reinbold  – 1 volta
17º – Helio Castroneves (BRA) Penske – 1 volta
18º – Buddy Rice (EUA) Phanter – 2 voltas
19º – Alex Lloyd (ING) Dale Coyne – 2 voltas
20º – Pippa Mann (ING) Conquest – 2 voltas 
21º – Ana Beatriz (BRA) Dreyer & Reinbold – 3 voltas 
22º – John Andretti (EUA) Andretti Autosport – 3 voltas 
23º – Ryan Hunter-Reay (EUA) Andretti Autosport – 3 voltas  
24º – Davey Hamilton (EUA) Dreyer & Reinbold – 7 voltas 
25º – Paul Tracy (CAN) Dreyer & Reinbold – 25 voltas  
26º – Townsend Bell (EUA) Sam Schimidt – Acidente  
27º – Ryan Briscoe (AUS) Penske – Acidente 
28º – Alex Tagliani (CAN) Sam Schimidt – Acidente 
29º – James Hinchcliffe (CAN) Newmann Haas – Acidente
30º – Jay Howard (ING) Sam Schimidt – Acidente  
31º – Simona de Silvestro (SUI) HVM – Abandonou 
32º – EJ Viso (VEN) KV Racing – Acidente  
33º – Takuma Sato (JAP) KV Racing –  Acidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *