IndyCar: Equipamentos da Indy chegam a Viracopos

Containeres seguem para o Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, onde chegam por volta de meia noite.

As máquinas da São Paulo Indy 300 já chegaram ao Brasil. Cerca de 220 toneladas de equipamentos desembarcaram no início da tarde deste domingo (7), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e lotaram 30 caminhões, que seguirão em comboio para a capital. Daqui uma semana, a cidade sedia a prova de abertura da temporada 2010 da IZOD IndyCar Series, a primeira corrida de rua da categoria na América do Sul.

Os equipamentos ficarão acondicionados no Pavilhão de Exposições do Anhembi até o início do trabalho das equipes, que devem começar as montagem de suas estruturas nesta terça-feira (9). O trabalho deverá ser concluído até sexta-feira (12), já que no sábado (13) os carros entrarão na pista para a realização dos treinos livres e classificatório, que definirá a posição dos pilotos no grid de largada.

A carga aérea saiu de Indianápolis, nos Estados Unidos, neste sábado (6), em dois aviões Boeing 747-400 da empresa Atlas Air. O primeiro avião chegou ao Brasil às 12h57 e o segundo às 16h17. Segundo a Sax Logística, responsável pela operação, tempo estimado para transferência do carregamento dos aviões para os caminhões é de quatro horas.

Além das duas aeronaves, um navio cargueiro trouxe mais cinco containeres de 40 pés (cerca de 12 metros de comprimento). Com um total de 80 toneladas de carga, eles estavam lotados de material extra e menos delicado, como os pneus. Esse carregamento chegou no dia 1º de março, no Porto de Santos (SP), e foi entregue na manhã deste domingo no Anhembi.

Cada equipe levou sua remessa de equipamentos ao Aeroporto de Indianápolis na última quarta-feira (3). Todo o carregamento foi pesado, colocado em estrados e envolto em plástico. Os chassis, juntamente com as frentes e os conjuntos de asas traseiras, foram empilhados em uma grande caixa produzida especialmente para acomodar cada carro individualmente. A Fórmula Indy trouxe ao Brasil 48 carros.

A correria maior, porém, acontece depois da realização da São Paulo Indy 300. Duas horas após o fim da corrida começa o trabalho de retirada das 300 toneladas, pois na quarta-feira seguinte (17), três dias após a prova, todo o equipamento já deverá estar de volta a Indianápolis.

A Sax Logística possui grande experiência na área esportiva, mais especificamente nos eventos automobilísticos. Desde 2003 a empresa possui um contrato com a Formula One Management (FOM), responsável pela administração da categoria, para operar a logística do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. É também responsável pelo transporte e manuseio dos equipamentos do Campeonato Mundial de Carros de Turismo (WTCC), International Rally Championship (IRC), GT3 Brasil, Rally dos Sertões, Volvo Ocean Race, entre outros eventos internacionais.

A São Paulo Indy 300 acontece no dia 14 de março e terá transmissão ao vivo pelos canais Band e Bandsports, além das rádios Band e BandNews FM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *