IndyCar: Hélio Castroneves é inocentado das acusações de sonegação de impostos

Após inúmeros meses sendo adiada, a sentença de Hélio Castroneves finalmente saiu nesta sexta-feira e ele acabou inocentado pela Corte Federal de Miami. Desta forma, o piloto, que era acusado de sonegar cerca de R$ 5 milhões em impostos da receita dos Estados Unidos entre os anos de 1999 e 2004, já está livre para voltar à correr pela Fórmula Indy, na equipe Penske.

No julgamento, que chegou a ser adiado por duas vezes nesta semana, o júri, formado por doze membros, revelou o veredito favorável ao brasileiro e sua irmã Katiucia, afirmando que havia uma conspiração fraudulenta sobre eles.

Os advogados de defesa insistiram na tese de que os impostos não foram pagos pois o dinheiro acabou indo para a conta do pai de Hélio Castroneves, homônimo do filho. Além disso, a quantia teria sido depositada em uma empresa ‘offshore’ na Holanda, que funcionava como um ‘paraíso fiscal’.

Dessa forma, o juíz Donald Graham, acabou inocentando Castroneves causando decepção à promotoria do Tribunal da Flórida, que queria ver o piloto atrás das grades. O advogado Alan Miller, envolvido nas acusações, também recebeu parecer favorável.

Dessa forma, o brasileiro, que foi bicampeão das 500 milhas de Indianápolis, já pode concentrar todas as suas atenções para o campeonato da Fórmula Indy. Ele, inclusive, poderá estar presente na corrida de Long Beach, que ocorrerá neste final de semana.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *