IndyCar: Hunter-Reay recoloca nº 1 no topo do pódio

Com vitória no Alabama, campeão da Fórmula Indy encerra jejum de quase seis anos sem vitórias de um carro 1, mas mantém antigo número no design

Em novembro de 2007, o francês Sebastien Bourdais sagrou-se campeão do Grande Prêmio da Cidade do México da Champ Car. Desde então, a Fórmula Indy não via uma vitória de um carro nº 1, isto até a conquista do atual campeão da categoria, o norte-americano Ryan Hunter-Reay, que venceu o Grande Prêmio do Alabama, no circuito de Barber, no último dia 7 de abril.

Os recentes campeões da Indy acabaram optando por não trocarem seus números e abriram mão do 1, na maioria das vezes por opção das equipes, que preferiram apostar na consistência dos números campeões, principalmente em função do reconhecimento dos fãs, imprensa e patrocinadores.

“Para mim, é uma grande honra ganhar o direito de ter o número 1 estampado em meu carro. Estamos prontos para trabalhar duro e fazer o possível para seguir carregando esse número nos próximos anos”, comenta o piloto.

Por causa nobre, #28 ainda está presente: Nas temporadas 2011 e 2012, Hunter-Reay usou o 28, como parte da ação de uma campanha de incentivo à luta contra o câncer. O número é uma referência aos 28 milhões de pessoas que enfrentam a doença em todo o mundo. A mãe do piloto faleceu em 2009, vítima de um câncer no intestino.

Também pela causa nobre que está por trás da opção pelo antigo número, o norte-americano deu um jeito de mantê-lo no carro. Ele está usando o número 1, mas com o 28 no meio, aproveitando parte das linhas do design de um de seus principais patrocinadores.

“Trocar o número foi uma decisão difícil. O 28 significa muito para mim, mas entendo que a equipe, os parceiros e patrocinadores têm todo o direito de não abrirem mão do 1, portanto essa solução que achamos de misturar os números foi interessante”, explica Hunter-Reay, co-fundador e embaixador mundial da campanha Racing for Cancer e também envolvido na campanha Livestrong, ambas de incentivo ao combate da doença.

Com o 1, e ainda com o 28, Hunter-Reay busca sua segunda vitória da temporada no GP de Long Beach, no próximo dia 21, e depois vem ao Brasil para a disputa da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no final de semana de 4 e 5 de maio, no circuito do Anhembi.

Ingressos à venda para a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé: Os ingressos para a quarta edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, a etapa brasileira da Fórmula Indy, estão disponíveis não só pelo site TKT1 (www.tkt1.com.br), mas também em pontos de venda físicos em cinco lojas Centauro na cidade de São Paulo. As unidades da Centauro nos Shoppings Tamboré, Eldorado, Center Norte, Bourbon e Anália Franco possuem um espaço da TKT1, agência oficial de venda de ingressos, com equipe própria de atendimento, que ficará aberto das 12 às 19 horas (de Brasília). Há ainda um novo ponto de vendas fica no Shopping Market Place (Av. Dr. Chucri Zaidan, 902, em São Paulo). O posto funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h. Nos domingos e feriados o atendimento começa às 11h.Os valores para os setores espalhados pelo Sambódromo do Anhembi variam de R$ 92,50 (meia entrada no setor C) a R$ 800,00 (setor VIP). Os setores L e H estão esgotados e restam poucas unidades para os setores K e Vitória. Quem comprar o ingresso para a corrida, que será realizada em 5 de maio, receberá como cortesia a entrada para os treinos, no dia anterior.

Visite o site do evento: www.saopauloindy300.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *