IndyCar: Romancini assina com equipe Conquest para toda a temporada

Piloto brasileiro já participa dos testes desta semana no Alabama, e confirmou participação na corrida do Brasil. Chegado ao grupo de profissionais da Fórmula Indy ocorreu depois de apenas quatro temporadas no automobilismo.

O paulista Mario Romancini é o mais novo piloto brasileiro confirmado na temporada 2010 da Fórmula Indy – categoria que virá pela primeira vez a São Paulo nos dias 13 e 14 de março, com uma corrida no circuito de rua do Anhembi. Depois de apenas quatro temporadas no automobilismo desde que saiu do kart, Romancini chega ao grupo de profissionais da categoria pela equipe Conquest, fundada em 1997 pelo ex-piloto belga Eric Bachelart – o primeiro campeão da história da Indy Lights. A Conquest já foi a casa dos brasileiros Mario Haberfeld, Alex Sperafico, Jaime Câmara e Enrique Bernoldi na categoria, e de Felipe Giaffone na Indy Lights.
Romancini estréia na Fórmula Indy depois de uma rápida, porém brilhante, passagem pela Indy Lights, categoria que o apresentou aos circuitos ovais e lhe rendeu duas vitórias e quatro pódios na temporada de 2009. As negociações para sua entrada na principal categoria de monopostos dos EUA se estenderam por alguns meses, desde a vitória obtida por ele no oval de Miami. Em contato com diversas equipes, o brasileiro assinou por um ano com a Conquest nesta semana, e já está confirmado nos testes coletivos da categoria, no Alabama, nos dias 24 e 25.
“Esse contrato com a Conquest representa a realização de dois antigos sonhos meus, que são a disputa de uma categoria profissional e a chance de participar das 500 Milhas de Indianápolis”, declarou o brasileiro. “Estou muito feliz e bastante motivado para esta temporada, em especial porque minha estréia ocorrerá daqui a menos de duas semanas, em São Paulo, minha cidade natal. Terei certamente um ano de aprendizado e adaptação, e estou com expectativas muito positivas em relação ao potencial da equipe. Vamos trabalhar bastante em todos os aspectos do carro, para sermos competitivos tanto nos circuitos mistos quanto nos ovais”, acrescentou.
Mario Romancini estreou no automobilismo pela Fórmula Renault em 2005, ano em que venceu a preliminar do GP Brasil de Fórmula 1, em Interlagos. Na temporada seguinte ele disputou a Fórmula 3 Sul-Americana, e terminou o ano como vice-campeão, com duas vitórias. Em 2008, o brasileiro disputou algumas corridas na World Series e na Stock Car, até retornar aos monopostos pela Indy Lights. A passagem pela categoria em 2009 teve extrema importância na carreira de Romancini, já que deu a ele visibilidade entre os chefes de equipe da categoria principal, e o preparou para os então desconhecidos circuitos ovais.
“Chego à Fórmula Indy depois de apenas quatro anos de automobilismo, mas me sinto totalmente preparado para enfrentar os desafios da categoria. Consegui duas vitórias Indy Lights justamente em circuitos ovais, e ter intimidade com esse tipo de pista é fundamental no automobilismo norte-americano. A partir deste ano vou pilotar um carro mais potente e com mais downforce, e estou ansioso para passar logo pela fase de adaptação”, acrescentou Romancini.
O chefe da Conquest, Eric Bachelart, disse que a dedicação, o talento, o compromisso, e a habilidade do piloto brasileiro nos circuitos ovais são as qualidades que mais lhe chamaram a atenção em Romancini. “A Conquest Racing tem uma longa tradição de trabalhar com jovens talentos e o Mario se encaixa perfeitamente nessa filosofia. Olhando para o que ele conseguiu em termos de resultado em sua primeira temporada na Indy Lights, temos boas expectativas de que ele possa se tornar o estreante do ano na Fórmula Indy em 2010”, declarou Bachelart.
Com a confirmação de Mario Romancini, a etapa de abertura da Fórmula Indy em São Paulo já tem cinco brasileiros no grid. Os outros quatro são Tony Kanaan, Vitor Meira, Helio Castroneves e Raphael Matos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *