IndyCar: Ryan Hunter-Reay vence em Watkins Glen

O norte-americano Ryan Hunter-Reay, da Rahal-Letterman, venceu neste domingo (06/07), o GP de Watkins Glen, nos EUA, 10º etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Hunter-Reay na categoria. O inglês Darren Manning, da A.J. Foyt, terminou em 2º, seguido pelo brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green.

Na largada o pole-position, o australiano Ryan Briscoe, da Penske, manteve a liderança, seguido pelo neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, Hunter-Reay e Kanaan. Por ter queimado a largada Dixon teve que ceder a posição para Hunter-Reay.


Na 5º volta, Helio Castroneves, da Penske, teve problemas no câmbio do carro, parando marotamente na entrada dos boxes, provocando a primeira amarela da prova. O brasileiro voltou a pista com três voltas de atraso. Alguns pilotos que estavam em posições intermediarias fizeram sua primeira parada.


Na 10º volta a prova recomeçou, com Dixon superando Hunter-Reay. Briscoe liderava. Com a bandeira verde Kanaan foi o primeiro dos líderes a parar nos boxes, na 17º volta. Na seguinte Hunter-Reay parou com Briscoe e Dixon fazendo a parada na 20º volta.


O brasileiro Vitor Meira, da Panther, que parou durante a amarela, assumiu a liderança, seguido por Briscoe e o venezuelano Ernesto Viso, da HVM Racing. Na 25º volta Briscoe reassumiu a ponta, quando Meira fez a sua segunda parada. O norte-americano Ed Carpenter, da Vision, cumpriu um drive-though, por excesso de velocidade nos pits, na 27º volta. Briscoe e Dixon dispararam na frente abrindo mais de sete segundos de vantagem para Hunter-Reay.


Em uma disputa de posição, na 40º volta, Viso tocou em Meira, que bateu na proteção de pneus, entre as curvas 9 e 10. A bandeira amarela foi acionada com o venezuelano sendo punido, indo para o fim do pelotão. Meira, ao lado da pista, reclamou bastante cm Viso, quando os carros passaram.


Praticamente todos os pilotos foram para os boxes. A norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green, acelerou antes da hora, perdendo um pneu e indo cima dos boxes da equipe Ganassi. Sorte que os mecânicos estavam atentos. Depois da confusão ela retornou a corrida.


Manning era o novo líder seguido por Dixon, Hunter-Reay, Briscoe e Kannan. Na 44º volta a bandeira verde voltou a pista.  Mas por poucos segundos. O brasileiro Enrique Bernoldi, da Conquest, bateu na curva um.


Quando a relargada ia acontecer o norte-americano A.J.Foyt IV, da Vision, forçou para cima da venezuelana Milka Duno, da Dreyer & Reinbold. A bela piloto virou para a direita, fechando Foyt, que estampou a traseira do carro da venezuelana.


Com a amarela na pista, Dixon, líder da temporada, rodou sendo atingido por Briscoe, que vinha logo atrás. Os dois voltaram a prova, depois de perderem muitas posições.


Na relargada, na 51º volta, Hunter-Reay passou Manning, com o brasileiro Jaime Câmara, da Conquest, batendo na curva seis, provocando a última amarela do dia.


Faltando três voltas a prova recomeçou. Hunter-Reay venceu, dando a Rahal-Letterman a sua primeira vitória desde o GP de Michigan, em 2004. Manning deu a Foyt um improvável segundo lugar. Kanaan foi o melhor brasileiro, em 3º. O norte-americano Buddy Rice, que tinha dado a Rahal-Letterman sua última vitória, levou o carro da Dreyer & Reinbold, terminou em 4º, seguido pelo compatriota Marco Andretti, da Andretti-Green. Os brasileiros Bruno Junqueira e Mario Moraes, companheiros na Dale-Coyne, fizeram uma grande prova, chegando em 6º e 7º, respectivamente.


Dixon terminou na 11º posição, a frente de Briscoe. Castroneves terminou o péssimo final de semana em 16º.


Dixon lidera o campeonato com 370 pontos. Castroneves é o vice-líder com 322. O inglês Dan Wheldon, que abandonou a etapa, é o 3º, somando 311. Kannan, com 304, é o 4º na tabela.


A próxima etapa acontece no dia 12 de julho em Nashville.


Final:


1.    Ryan Hunter-Reay  Rahal Letterman Racing  60 voltas
2.    Darren Manning  AJ Foyt Enterprises a  2.4009  
3.    Tony Kanaan  Andretti Green Racing  a  4.1054  
4.    Buddy Rice  Dreyer & Reinbold Racing  a  4.8111 
5.    Marco Andretti  Andretti Green Racing  a  5.3132 
6.    Bruno Junqueira  Dale Coyne Racing  a  5.8084   
7.    Mario Moraes  Dale Coyne Racing  a  8.6248 
8.    Graham Rahal  Newman/Haas/Lanigan Racing  a  9.4563 
9.    Hideki Mutoh  Andretti Green Racing  a  10.1785 
10.    EJ Viso  HVM Racing  a  10.8602  
11.    Scott Dixon  Chip Ganassi Racing  a  11.0455 
12.    Ryan Briscoe  Team Penske  a  11.5953 
13.    Mario Dominguez  Pacific Coast Motorsports  a  12.7773 
14.    Danica Patrick  Andretti Green Racing  a  26.6599  
15.    Will Power  KV Racing Technology  a  38.1033
16.    Helio Castroneves  Team Penske  a  1 volta
17.    Ed Carpenter  Vision Racing  a 1 volta
18.    Jaime Camara  Conquest Racing  a  9 volta
19.    A.J. Foyt IV  Vision Racing  a  13 voltas
20.    Milka Duno  Dreyer & Reinbold Racing  a 15 voltas
21.    Enrique Bernoldi  Conquest Racing  a  16 voltas
22.    Vitor Meira  Panther Racing  a  22 voltas
23.    Oriol Servia  KV Racing Technology  a 22  voltas
24.    Dan Wheldon  Chip Ganassi Racing  a  41 voltas
25.    Justin Wilson  Newman/Haas/Lanigan Racing  a  44 voltas
26.    Jay Howard  Roth Racing  a 45  voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *