IndyCar: Tony Kanaan abandona após problema mecânico

Após o defeito na parte traseira do Dallara/Honda número 11 nas 500 Milhas de Indianápolis na semana passada, o carro de Tony Kanaan teve novamente um problema mecânico o obrigando a abandonar o GP de Milwaukee deste domingo (31).

O brasileiro largou na terceira colocação, mas bastou o pano verde ser agitado para assumir a dianteira com uma bela largada. Kanaan mantinha a ponta seguido por Ryan Briscoe, da Penske, quando o seu carro começou a apresentar falta de rendimento e o derrubou para a nona colocação. Após o seu primeiro pit-stop, Kanaan continuava bem distante do desempenho das vinte primeiras voltas. O piloto da Andretti Green Racing retornou aos boxes uma volta após a sua segunda visita aos pits com o carro já em chamas para não voltar mais.

“Estou extremamente frustrado porque tínhamos um carro capaz de vencer a prova, o que nos ajudaria muito na classificação. Não sei exatamente o que houve, mas vi o fogo e parei. Agora, vamos avaliar para saber qual foi o problema. Tivemos um mês bem difícil, mas tem bastante coisa pela frente. No entanto, não podemos perder pontos assim e precisamos lutar pela vitória o quanto antes”
, alertou o baiano. “Foi uma prova de superação pessoal. Até por isso, dá mais dor em abandonar assim”, completou Kanaan, que faz tratamento por causa de uma luxação na costela.

Após a vitória de Scott Dixon, da Ganassi, Kanaan caiu para a sétima colocação do campeonato, 39 pontos atrás do líder, justamente o vencedor da prova de Milwaukee. A próxima corrida acontece no sábado (6) à noite, o GP do Texas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *