IndyCar: Tony supera desgaste físico e finaliza entre os cinco em St.Pete

Brasileiro se recupera de incidente na largada e termina na 5a colocação.

Largando na terceira posição no GP de St.Petersburg, primeira etapa da Fórmula Indy de 2009, o piloto Tony Kanaan acabou se envolvendo involuntariamente em um toque com o pole-position Graham Rahal, que o obrigou a uma parada prematura nos boxes logo na segunda volta da prova. Com o bico trocado, Kanaan voltou na 19a colocação e iniciou uma corrida de recuperação no circuito de rua da Flórida. Após ganhar 14 posições, o brasileiro finalizou as 100 voltas na 5a colocação na primeira etapa do ano.

“Com certeza, foi uma prova muito desgastante fisicamente porque ficamos quase toda a volta fazendo curvas e só alivia na reta. Estávamos há mais de cinco meses sem disputar uma corrida, não tem quem não sinta. O meu treino físico de pré-temporada me ajudou muito, pois, no meu caso, que vim lá de trás, foi ainda mais complicado”, contou o campeão de 2004. “Mas foi uma prova que me diverti muito, ultrapassei bastante carros e conseguimos um Top 5. Minha equipe também trabalhou muito bem nos pits e, no final, foi um bom resultado”, comemorou o brasileiro.

A prova foi vencida pelo australiano Ryan Briscoe, da Penske, que largou ao lado de Kanaan na segunda fila, seguido pelo norte-americano Ryan Hunter-Reay, da Vision, e Justin Wilson, da Dale Coyne. Dário Franchitti (Chip Ganassi) e Kanaan completaram os cinco primeiros. “Adoro uma disputa com o Dario”, falou Kanaan sobre o seu amigo e adversário. “A temporada vai ser empolgante e muito difícil, pois tem muito piloto talentoso no grid e as equipes estão trabalhando bem”, emendou o detentor de 13 vitórias no certame. A segunda etapa da Fórmula Indy será o GP de Long Beach no dia 19 de abril. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *