IndyCar: Vencedor da São Paulo Indy 300 receberá obra de arte como troféu

Batizado de NON DUCOR DUCO (NÃO SOU CONDUZIDO, CONDUZO), criação de Paulo Soláriz retrata características importantes de São Paulo.

As vitórias são momentos marcantes e inesquecíveis na vida dos pilotos, especialmente em uma corrida inédita, como a São Paulo Indy 300. Para os três primeiros colocados da prova que abre a temporada 2010 da IZOD IndyCar Series, no dia 14 de março, no Circuito Anhembi, além da emoção, da adrenalina e das boas memórias, o troféu “NON DUCOR DUCO” será uma bela lembrança material. O nome, traduzido do latim para o português, significa “NÃO SOU CONDUZIDO, CONDUZO”, mesma frase que está na bandeira da cidade de São Paulo.
A obra de arte foi idealizada e produzida pelo paulistano Paulo Soláriz, reconhecido artista plástico por suas pinturas, esculturas e outras obras inspiradas no automobilismo. O design moderno e inovador do troféu retrata a história e a arquitetura da maior cidade da América Latina, assim como o caráter batalhador de seus moradores. A aprovação do projeto veio através da organização da prova junto à IndyCar Series.
“A base do troféu é de fibra de carbono, fazendo assim, alusão à tecnologia utilizada nos carros. A escultura abstrata e curvilínea, com design agressivo, simboliza os viadutos, tão comuns, que se cruzam na cidade e também a modernidade que coloca São Paulo no primeiro mundo como exportadora de design. O boneco com a bandeira representa os Bandeirantes, que desbravaram o interior do Brasil e fincavam suas bandeiras para mostrar que haviam passado por ali. Além disso, a peça mostra o movimento de um trabalhador puxando ou carregando algo, não apenas um movimento de bandeirada. As pessoas costumam vir para São Paulo para buscar novas oportunidades. Elas querem fincar sua bandeira aqui, o que significaria a vitória de se estabelecer na maior cidade do Brasil”, explicou o artista.
Para a confecção dos cinco troféus – do vencedor, segundo e terceiro lugares, para o piloto que fizer a volta mais rápida e para o prefeito Gilberto Kassab – serão utilizados, além da fibra de carbono, fibra de vidro e bronze. Os acabamentos serão com pintura automotiva, feitas pelo designer de capacetes Sid Mosca, e banhadas a níquel. O desenvolvimento do protótipo foi moldado em poliuretano, resina de polyester e massa plástica. 
As cores utilizadas nas obras de arte também têm ligação direta com os materiais utilizados e com o automobilismo. “A fibra de carbono é naturalmente preta, o vermelho da escultura é a representação do calor dos motores, e o niquelado do personagem com a bandeira, é o brilho da essência humana. Além disso, lembram as cores da bandeira de São Paulo”, disse Soláriz.
A São Paulo Indy 300 acontece no dia 14 de março e terá transmissão ao vivo pelos canais Band e Bandsports, além das rádios Bandeirantes e BandNews FM.
Ficha técnica dos troféus:
1º lugar – altura: 110 cm / peso: 10kg
2º lugar – altura: 82 cm / peso: 8kg
1º lugar – altura: 75 cm / peso: 7kg
Volta mais rápida / Troféu do prefeito: altura: 40 cm / peso: 4kg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *