IndyCar: Will Power vence em Edmonton

O australiano Will Power (Penske) venceu neste domingo (24/07), o GP de Edmonton, no Canadá, 10ª etapa da temporada. Foi a 4ª vitória de Power no ano. O brasileiro Helio Castroneves completou a dobradinha da Penske. O escocês Dario Franchitti (Ganassi) foi o 3º.

Na largada o pole, o japonês Takuna Sato (KV Racing) manteve a ponta, seguido por Power. Logo na volta inicial o canadense Alex Tagliani (Sam Schmidt) tocou no norte-americano Graham Rahal (Ganassi), que teve um pneu furado. Na curva seguinte Rahal perdeu o controle e rodou, acertando o canadense Paul Tracy (Dragon), com o colombiano Sebastian Saavedra (Conquest) tambem se envolvendo. Rahal e Tracy abandonaram, com a bandeira amarela sendo agitada.

Na 19ª volta Sato errou, escapando da pista e sendo superado por Power. Pouco depois Franchitti e seu parceiro de equipe, o neozelandês Scott Dixon, superaram Sato. Um toque entre o norte-americano Mike Conway (Andretti) e o espanhol Oriol Serviá (Newman/Haas) provocou a segunda e última amarela da prova. Serviá ficou no muro.  Os pilotos começaram a entrar nos boxes pela primeira vez, para a troca de pneus e reabastecimento. Conway foi o punido, por não evitar a batida.

Na relargada Power manteve a ponta, com Sato, que havia caído para 5º, ganhando três posições, indo para 2º. O venezuelano E.J.Viso (KV Racing) e Dixon se enroscaram, com o Viso rodando e ficando parado. Dixon foi para os boxes, perdendo muito tempo até a Ganassi reparar o seu Dallara-Honda. Na confusão Franchitti tambem perdeu tempo.

O norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) assumiu a 3ª posição, atrás de Power e Sato. Na 39ª volta Hunter-Reay acertou Sato na curva cinco. O japonês perdeu uma volta, com o norte-americano levando um drive-through, por toque evitável. 

Fora da sequencia de paradas, Tagliani apareceu em segundo na metade da prova. Com a parada do canadense nos pits, a Penske apareceu nas três primeiras posições, com Power, Castroneves e Briscoe. Entre a 52ª e 55ª volta a maioria dos pilotos fez a segunda parada nos boxes, em bandeira verde.

Franchitti fez um turno maior antes da sua parada final nos boxes, ganhando tempo e conseguindo superar Briscoe.

Com um jogo extra de pneus macios Castroneves partiu para cima de Power nas voltas finais, com o australiano recebendo a bandeirada, depois de 80 voltas, com 0s8089 de vantagem. Franchitti foi o 3º, 1s1735 atrás do vencedor.

Depois de ter problemas no primeiro pit stop e cair para 16º, o brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) fez uma grande recuperação, terminando em 4º. O britânico Justin Wilson (Dreyer&Reinbold) foi o 5º, seguido pelo francês Sébastien Bourdais (Dale Coyne). Hunter-Reay e Conway se recuperaram das punições, sendo 7º e 8º. A norte-americana Danica Patrick (Andretti Autosport) e Briscoe fecharam os dez primeiros. Briscoe era o 4º até ser obrigado a fazer um splash and go na última volta.

Entre os demais brasileiros Vitor Meira (A.J.Foyt) terminou em 12º, com Bia Figueiredo (Dreyer&Reinbold) na 14ª posição.

Franchitti lidera o campeonato com 388 pontos, 38 a mais do que Power. Dixon é o 3º com 282.

A próxima etapa acontece em Mid-Ohio, no dia 07 de agosto. 

Final:

1º. Will Power (AUS/Penske), 80 voltas em 1h57min22s517
2º. Hélio Castroneves (BRA/Penske), a 0s808
3º. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), a 1s173
4º. Tony Kanaan (BRA/KV), a 11s150
5º. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 11s783
6º. Sébastien Bourdais (FRA/Dale Coyne), a 12s668
7º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Autosport), a 18s025
8º. Mike Conway (ING/Andretti Autosport), a 18s356
9º Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport), a 21s043
10º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 31s157
11º. JR Hildebrand (EUA/Panther), a 35s540
12º. Vitor Meira (BRA/Foyt), a 37s557
13º. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 1min07s245
14º. Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport), a 1min10s201
15º. James Hinchcliffe (CAN/Newman-Haas), a 1min11117
16º. Sebastian Saavedra (COL/Conquest), a 1min15s781
17º. Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt), a 1min15s886
18º. James Jakes (ING/Dale Coyne), a 1min16s189
19º. Charlie Kimball (EUA/Ganassi), a 1 volta
20º. EJ Viso (VEN/KV), a 1 volta
21º. Takuma Sato (JAP/KV), a 1 volta
22º. Oriol Servià (ESP/Newman-Haas), a 4 voltas
23º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 6 voltas

Abandonaram:

Simona de Silvestro (SUI/HVM)
Graham Rahal (EUA/Ganassi)
Paul Tracy (CAN/Dragon)

Classificacão Geral:

1) Dario Franchitti, 388 pontos
2) Will Power, 350
3) Scott Dixon, 282
4) Tony Kanaan, 253
5) Oriol Servia, 244

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *