IRL: Entrevista com Tony Kanaan

Após a bandeira quadriculada ser agitada pela última vez do ano, no último domingo (10), em Chicago, a Fórmula Indy já pensa em 2007, aliás, o baiano Tony Kanaan praticamente já trabalha visando à próxima temporada. Férias? Ainda não! Kanaan será o responsável por pilotar o carro da Andretti Green Racing nos testes de inverno nos Estados Unidos, que já iniciam na próxima semana. No seu escritório, em Miami, o campeão da Fórmula Indy 2004 falou sobre suas expectativas para o ano que vem.



Final de temporada, está mais aliviado?


 


R: Um pouco, pois o ano foi difícil! Mas nunca um ano a gente vira a página e não leva nada dele, pelo contrário, esse nos ajudou muito, principalmente, para a temporada de 2007. Foram alguns fatores que não nos colocaram na disputa do título, mas já foi. Agora, podemos trabalhar somente pensando na próxima temporada.


 


Você foi requisitado para fazer os teste de inverno nos Estados Unidos até o início de novembro. Isto mostra a vontade da equipe em dar volta por cima?


 


R: Pois é, garanto que todos da equipe estão motivados e empenhados para vencer um campeonato novamente. Uma equipe grande, bicampeã e que está acostumada com vitórias, não consegue ficar parada vendo os outros se mexerem. Para falar a verdade, nós começamos a trabalhar para 2007 após as 500 Milhas de Indianápolis desse ano.


 


Por tudo isso, você acredita que a AGR volta a disputar um título em 2007?


 


R: Só não posso assinar um contrato dizendo isso, mas pode apostar que vamos brigar de igual para igual com a Penske , Ganassi e cia. Aliás, minto, vamos trabalhar para vencê-los. Acredito muito no potencial e na estrutura da minha equipe.


 


Ano que vem, além de você, a equipe terá o Marco Andretti, a Danica Patrick e um outro piloto. O quê você espera dessa nova composição?


 


R: Torço muito para o Dário (Franchitti) ficar, pois assim como o Marco, nós nos conhecemos e nos damos muito bem. São ótimos companheiros de equipe e amigos fora das pistas. A Danica não será, já está muito bem familiarizada com a equipe. Eu sempre conversei bastante com ela nesses últimos anos. É uma piloto rápida, competente e estará pronta para vencer. Portanto, será um time muito forte.


 


Tudo indica que a Fórmula Indy terá alguns circuitos mistos novos em 2007, não preciso nem perguntar se você ficará feliz com isso?


 


R: Fico bem empolgado quando escuto isso. Eu nunca escondi que adoro andar no misto, até porque foi o tipo de circuito que corri a minha vida inteira antes de vir para os Estados Unidos. Também curto muito andar em oval, principalmente, em Indianápolis, em Milwaukee, Richmond etc… Mas acho que a temporada 2007 promete muitas coisas boas.


 


Por falar nisso, 2007 seria um bom ano para vencer em Indianápolis, não é?


 


R: Sem dúvida, cairia como uma luva. Quero muito o bicampeonato, assim também como as 500 Milhas de Indianápolis. Já bati na trave algumas vezes, mas não vou desistir nunca. Ainda vou vencer essa prova.


 


Quando você vai ao Brasil?


 


R: Então, apesar de encerrada a temporada, vou fazer os testes com a equipe até novembro. Por isso, só devo chegar na semana das 500 Milhas de Kart da Granja Viana.


 


Última pergunta, o que achou do título do Sam Hornish Jr?


 


R: Achei que foi justo! Ele mereceu porque fez uma ótima temporada, com quatro vitórias, incluindo as 500 milhas de Indianápolis. Sem dúvida, foi o ano dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *