Itaipava GT Brasil volta ao palco da decisão da temporada 2009

Campeonato desembarca em Curitiba para mais duas provas da atual temporada. Pista paranaense traz boas lembranças à dupla Rafael Derani e Cláudio Ricci, atual campeã da competição.

Na segunda rodada da temporada 2010, o Itaipava GT Brasil – principal campeonato de carros superesportivos do país – volta à pista que foi palco da decisão do título no ano passado. Foi no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense, que a dupla Rafael Derani e Cláudio Ricci, da equipe CRT Brasil, ratificou a conquista do título a bordo da Ferrari F-430 GT3. Agora a dupla que detém o recorde da pista paranaense para carros da GTBR3 volta ao AIC em busca do primeiro pódio neste ano.
“A pista de Curitiba se tornou muito especial principalmente para mim, que conquistei lá o maior título da minha carreira como piloto”, ressalta Rafael Derani. “A etapa do próximo final de semana deve ser difícil, já que o campeonato 2010 começou muito competitivo, com muitos carros favoritos. Teremos uma F-430 GT3 praticamente igual à da etapa de São Paulo, mas espero sair do Paraná com mais um pódio”, comenta o piloto, que na temporada 2009 teve como pior resultado em Pinhais, um quinto lugar.
O Itaipava GT Brasil 2010 começou no mês de março com duas provas disputadas em Interlagos (SP). Na capital paulista, o domínio foi da Lamborghini pilotada pela dupla Rafael Daniel e Cláudio Dahruj, vencedora das duas corridas e, portanto, líder do campeonato. Desde então, a organização do torneio tem trabalho na equalização dos cinco modelos inscritos até o momento. Por isso, a expectativa é quem em Curitiba a disputa entre Lamborghinis, Ferraris, Fords GT, Porsches e Dodge Vipers fique ainda mais equilibrada.
A Ferrari tem como novidade o uso de um novo escapamento. A peça não deve trazer, isoladamente, uma melhora significativa no desempenho do carro, mas faz parte do upgrade que inclui, também, um novo kit de motor – com chegada prevista para a terceira corrida do ano. Além disso, a equipe CRT Brasil voltará a usar os pneus Pirelli com os quais foi campeã no ano passado, em substituição aos Michelin usados na abertura do campeonato.
“Certamente as corridas deste fim de semana serão, de forma geral, mais equilibradas que as duas primeiras, mas esperamos uma melhora maior da Ferrari somente a partir da terceira rodada, em São Paulo”, declarou Cláudio Ricci. “Receberemos o novo kit de motor, e esperamos que isso nos dê um ganho mais expressivo de performance. Temos o recorde dessa pista, e nosso carro costuma ter um bom desempenho em Curitiba. Por isso a expectativa, apesar de toda a competitividade, é muito boa”, relatou o gaúcho, que com a marca de 1:18.511 é o piloto mais rápido do circuito para carros da GTBR3.
Os treinos livres para a rodada do Itaipava GT Brasil em Curitiba começam na próxima sexta-feira (23) a partir das 11h. No sábado a categoria faz dois treinos classificatórios – um para cada prova do final de semana – e disputa a primeira corrida da etapa. O evento se encerra com a segunda corrida no início da tarde de domingo.
Confira a programação:
Sexta-feira – 23/4
11h05 – 1º treino livre
13h30 – 2º treino livre
15h35 – 3º treino livre
Sábado – 24/4
08h40 – 4º treino livre
11h25 – Treino Classificatório – 1ª corrida
12h20 – Treino Classificatório – 2ª corrida
16h00 – 1ª Corrida
Domingo – 25/4
09h45 – Warm up
13h00 – 2ª Corrida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *