Kart: ANPPA pede nova alteração de normas para o kart

Objetivo da entidade é rever regulamentação da CBA que impede a realização de corridas em pistas-sede de campeonatos brasileiros 15 dias antes do torneio nacional.

A Associação Nacional de Patrocinadores e Pilotos de Automobilismo (ANPPA) enviou nesta semana comunicado à Federação Goiana de Automobilismo, solicitando mudança na data da próxima etapa da Copa Centro-Oeste de Kart. A prova está marcada para o dia 28 de junho, na mesma pista que sediará a primeira fase do Campeonato Brasileiro de Kart. O torneio nacional está previsto para a semana do dia 12 de julho.

A entidade pediu a remarcação da prova para o dia 05 de julho, com o objetivo de facilitar a participação no evento de pilotos vindos de outras regiões do país. Com a corrida na data original, os pilotos e equipes que usarem a prova na capital goiana como treino para o torneio nacional terão maiores custos de estadia, uma vez que ficarão ociosos na cidade por cerca de dez dias. Já aqueles que optarem por retornar a sua cidade de origem no intervalo entre o campeonato regional e o nacional, terão, por sua vez, gasto dobrado com transporte.

Para que seja aceita a solicitação da entidade, no entanto, é preciso que seja alterada uma das normas da Confederação Brasileira de Automobilismo que rege a realização de provas regionais em pistas-sede de campeonatos brasileiros. Diz a regra da entidade que os circuitos escolhidos para o torneio nacional não poderão receber provas regionais nos 15 dias anteriores ao início do evento.

“Na nossa visão, esse prazo deveria ser aumentado para um mês, ou extinto. No caso do Centro-Oeste, por exemplo, caso a data da próxima corrida seja mudada, os pilotos de todo o país que quiserem se preparar melhor para o Campeonato Brasileiro poderão viajar para Goiânia na semana imediatamente anterior à da realização do torneio nacional. Dessa forma, por apenas dois dias as equipes ficarão sem atividades, o que justificaria a ida de um número maior de atletas para a cidade”
, comentou Luiz Travassos, presidente da entidade.

Travassos reiterou que o objetivo da ANPPA é ajudar na composição de orçamentos mais adequados à realidade nacional. A entidade tem abrangência nacional, e tem como objetivo beneficiar pilotos de todas as regiões do país. “Hoje essa mudança beneficiaria os pilotos da região Sul do país, mas no ano que vem, ela pode ser importante para os kartistas do centro-oeste, por exemplo. Nosso objetivo é estabelecer um canal de dialogo com nossos dirigentes, para que possa ser encontrada uma formula que contemple a todos os interesses. A meta final é que não haja prejuízo algum para atletas, familiares e patrocinadores”, encerrou Travassos.

A ANPPA ainda aguarda posicionamento da Comissão Nacional de Kart sobre o pedido de esclarecimentos sobre o cronograma de reformas que estão sendo feitas no Kartódromo Ricardo Santos. A pista, confirmada há poucas semanas como sede da primeira fase do torneio nacional – em substituição ao Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis –, não está sendo aceita por grande parte da comunidade automobilística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *