Kart: Brasil faz 3 x 1 na Argentina no Pan-Americano

Das quatro primeiras baterias do dia, três tiveram um piloto do país na frente. Franco Vivian, atual bicampeão, foi o único a quebrar a hegemonia verde-amarela nas classificatórias

Quatro corridas, três vitórias brasileiras e apenas uma argentina. O saldo parcial das provas classificatórias do Campeonato Panamericano de Kart na categoria Sudam, realizadas neste sábado no Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis, ainda não é suficiente para apontar os favoritos declarados ao título, mas esquentou o natural embate entre as duas principais forças do kartismo na América Latina.

Os argentinos começaram na frente com a vitória do atual bicampeão Franco Vivian, mas nas três baterias seguintes os brasileiros deram o troco. Rafael Suzuki venceu duas e Felipe Guimarães ganhou uma. Para o paulista Gabriel Tojal, terceiro colocado na quarta prova do dia (a segunda para o seu grupo), a disputa entre nações promete continuar equilibrada até a final de amanhã.

“Há pelo menos dez pilotos com chances de ficar com o título”, acredita ele. “Essas provas classificatórias estão servindo para confirmar o equilíbrio previsto, e ninguém está sobrando na pista. Acredito que só mesmo na pré-final de amanhã é que o pessoal que tem sobra de equipamento vai começar a mostrar todo o seu potencial”, analisou Tojal.

Sétimo colocado na primeira prova do dia, Gabriel se recuperou na bateria seguinte. “Meu kart está respondendo bem e ter ficado entre os três primeiros foi essencial para meu objetivo de largar bem na pré-final”, acrescentou o paulista. “Ainda resta uma corrida para cada piloto, e caso eu consiga repetir esse resultado certamente terei garantido um lugar entre os seis primeiros na corrida de amanhã”, acrescentou Tojal.

Além de Vivian, os argentinos com maiores chances de chegar ao título são Martin Acosta e Mathias Milla (campeão em 2003).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *