Kart – Brasileiro: Geovane Cerutti conquistou seu primeiro título nacional

E finalmente o dia chegou. Depois de tantas belas atuações nos mais diversos eventos do kartismo brasileiro, chegou o dia em que o brasiliense Geovane Cerutti (Galois) pôde comemorar a conquista de seu primeiro título de Campeão Brasileiro de Kart. A vitória aconteceu na segunda fase do Campeonato Brasileiro, realizada em Itumbiara (GO) na semana que passou.

Geovane Cerutti conquistou o título na categoria Graduados B, historicamente uma das mais competitivas do kartismo nacional, depois de vencer uma bateria e chegar em segundo lugar nas outras três realizadas no Kartódromo Dr. Henrique Santillo.

O título começou a ser conquistado já nos primeiros treinos oficiais, quando o brasiliense destacou-se por terminar sempre entre os primeiros colocados. “Estive quase sempre na ponta ao final dos treinos. Em um ou outro, quando tentávamos testar algo diferente, nem sempre dava certo, mas tudo estava sob controle”, contou o jovem piloto de 15 anos de idade.

A confirmação de que tudo estava acontecendo de acordo com o esperado foi dada na tomada de tempos. Ao fim dos dez minutos previstos para a atividade, Cerutti tinha obtido a terceira posição no grid de largada. Nas duas primeiras provas, Cerutti terminou em segundo lugar e finalizava o primeiro dia de competição na vice-liderança.

A terceira bateria foi vencida por seu conterrâneo, Felipe Guimarães, seu principal adversário na luta pelo título inédito. Cerutti novamente chegou em segundo, mas ainda no Parque Fechado foi comunicado de que havia sido declarado o vencedor. “O Felipe acabou desclassificado por uma irregularidade técnica e eu venci a bateria”, disse Cerutti. Foi na condição de líder na Graduados B que Cerutti partiu para a quarta e decisiva bateria – e com o regulamento “embaixo do braço”. “Se o Pedrosa não vencesse eu poderia terminar até em terceiro lugar que o título seria meu”, disse Cerutti, referindo-se a Victor Pedrosa, naquele momento o terceiro colocado na tabela.

Na largada, Cerutti manteve-se na liderança, posição que manteve por cerca de 12 voltas, até ser ultrapassado por Guimarães, que em razão da desclassificação, tinha chances remotas de conquistar o título. Usando a cabeça e fazendo uma prova conservadora, sem se arriscar, o piloto Galois recebeu a bandeirada final na segunda colocação, o que deu início a muita comemoração na equipe.

“Eu já estava perseguindo uma conquista como esta há muito tempo. Em Florianópolis, a duas semanas atrás, só tivemos problemas. Mas desta vez deu tudo certo”, comemorou, referindo-se ao fato de ter disputado a primeira fase do Brasileiro na categoria Sudam na capital catarinense e ter amargado resultados negativos. “Agora só quero agradecer à minha família, ao Geraldo Teodoro, que me deu um motor muito bom, e à equipe Dos Baians, do Rafael Rodrigues, e à Quake, do Zé Bolão, que me deram um chassi muito bem acertado”, complementou.

Confira os cinco primeiros colocados na Graduados B:
1 Geovane Cerutti (DF) – 38 pontos
2 Felipe Guimarães (DF) – 33
3 João Cunha (SP) – 28
4 Caio Lara (SP) – 26
5 Nicholas Zugaib (SP) – 24

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *