Kart – Brasileiro: Matheus Chequer se decepciona com resultado em Farroupilha

A 42ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart não terminou da forma esperada para o piloto paulista Matheus Chequer, que defendia o título de vice-campeão nacional na categoria Cadete. Depois de começar as disputas no Kartódromo de Farroupilha andando entre os mais rápidos nos treinos livres, ele passou a enfrentar problemas com seu motor principal a partir da tomada de tempos, e não teve chances de repetir o desempenho conquistado no ano anterior, quando foi o segundo colocado na edição de Campo Grande do torneio nacional.

Estreando as cores da BMW Agulhas Negras em seu kart, Matheus tinha a expectativa de brigar pelas primeiras posições em Farroupilha, e ficou decepcionado com o resultado obtido ao final das quatro baterias que fizeram parte da competição. “Infelizmente, erramos no acerto do kart para a tomada de tempo. Também perdi três voltas na classificação e saí com o motor frio, o que é muito ruim na minha categoria. Virei o 19º tempo na ultima passagem e tive de largar no meio de 36 karts. Isso é muito complicado, porque você acaba levando toques de todos os lados, o que dificulta a recuperação de posições em corridas curtas como as do Brasileiro”, declarou o piloto.

Sem um kart que o permitisse acompanhar o ritmo dos ponteiros, Matheus terminou o torneio em 16º lugar, com apenas dois pontos ganhos. “Realmente não tive muito o que fazer. Na chuva fomos muito rápidos, mas no seco não conseguia acompanhar o ritmo do pessoal da frente”, lamentou o piloto. “Nos primeiros treinos nossa expectativa era a de brigar pela pole position, mas nosso motor principal perdeu rendimento e o reserva não correspondeu. Ainda consegui ganhar algumas posições ao longo das corridas, e considero que o resultado final deste Campeonato Brasileiro ficou abaixo das nossas possibilidades”, falou Matheus, que corre com o apoio de BMW Agulhas Negras, Puma, Red Balloon, Runner, Passatempo e Mini.

Passado o campeonato nacional, Matheus passa a focar novamente a disputa dos torneios estaduais. Terceiro colocado no Campeonato Paulista, e Vice-líder do Paulista da Granja Viana, ele terá algumas semanas de intervalo até a retomada das competições em São Paulo, e aproveitará o intervalo para se dedicar aos treinos particulares com sua equipe.

“Vamos parar o mínimo possível, já que estou bem colocado nos dois campeonatos que disputo em São Paulo, e espero me manter na disputa por estes dois títulos no segundo semestre”, encerrou Matheus Chequer.

Foto: Shadow Images

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *