Kart: CBA e Schincariol firmam parceria para reativar o Kartódromo Schincariol, em Itu

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) deu mais um passo no sentido de ampliar a quantidade e a qualidade das praças esportivas disponíveis para a prática do automobilismo e kartismo. Dessa vez, essa tarefa pôde ser efetivada por intermédio de um acordo com a Primo Schincariol Indústria de Cervejas e Refrigerantes S/A, proprietária do Kartódromo Schincariol, com sede em Itu (SP).

Além de suas atribuições de supervisão técnica e desportiva do esporte, a CBA tem promovido, na atual gestão, um crescimento de todas as modalidades, razão pela qual uma das principais metas do presidente Paulo Scaglione é proporcionar aos quase 8.000 pilotos filiados, atualmente, novas praças esportivas. Esse planejamento se fez necessário porque em janeiro de 2001, quando assumiu a presidência da Entidade, Paulo Scaglione encontrou um grupo de apenas 2.000 pilotos, oriundos da antiga gestão.

Esse esforço por um automobilismo plural e condizente com a tradição brasileira de fornecer novos talentos para o esporte internacional, porém, normalmente só tem reflexos positivos por intermédio de parcerias com empresas sólidas, identificadas com a comunidade e preocupadas com o desenvolvimento do esporte. Nesse sentido, a CBA encontrou na Schincariol as plenas condições para um acordo de longo termo.

Em razão disso, após alguns meses de entendimentos, nesta quarta-feira, 14 de março, o presidente Paulo Scaglione firmou contrato com a Schincariol para a reativação do Kartódromo Schincariol. O instrumento jurídico, assinado na sede da empresa, tem duração de cinco anos, renovável pelo mesmo período, e visa a exclusiva administração, utilização e desenvolvimento do kartódromo. O presidente da CBA foi acompanhado na assinatura do contrato por Eduardo Gozzano, assessor especial, e a Schincariol foi representada por José Augusto Schincariol, diretor de Novos Negócios, e pelo gerente jurídico, Márcio Quartaroli.

Reativação quase imediata

Fundado em 23 de abril de 1994, o Kartódromo Schincariol passou a ter papel importante no cenário do kartismo brasileiro e internacional. Além de etapas estaduais e regionais, a pista localizada ao lado das instalações industriais da Schincariol sediou provas de 24 Horas, o Mundialito de Kart e o campeonato nacional da modalidade.

Após quatro anos de utilização contínua, a pista entrou em um período de menor atividade, até culminar com a busca de melhores resultados e administração eficiente, bases que possibilitaram o contrato. Esse acordo vai reativar todas as atividades inerentes ao kartismo na região, resgatando a tradição do complexo esportivo, que foi resultado do amor da Família Schincariol pelo esporte.

Para o presidente Paulo Scaglione, a parceria é uma vitória importante para o kartismo, pois incluiu uma das pistas mais modernas do País no leque de opções para a prática e o desenvolvimento da modalidade. A experiência, o profissionalismo e a credibilidade da CBA permitiram o acordo pois são atributos inteiramente incluídos na pauta atual da Schincariol.

José Augusto Schincariol explicou que tudo começou como diversão e essa paixão deu origem a pista. Entretanto, como a Schincariol passou de empresa familiar para um conglomerado com administração profissionalizada, o kartódromo não poderia ficar ausente das ações inerentes a essa filosofia empresarial e a proposta apresentada pela CBA atendeu por completo esse objetivo.

Resolvidas as questões contratuais, nesses próximos dias de março o kartódromo passará por uma reforma que, tão logo esteja concluída, estará liberado par a retomada das atividades. Eduardo Gozzano garante, porém, que as primeiras provas ocorrerão ainda neste primeiro semestre de 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *