Kart: Clemente Júnior sobe ao pódio com a Piquet Sports

Equipe liderou mais de cinco horas de prova e terminou na sexta posição depois de enfrentar problemas nos karts.

A grande confraternização dos pilotos brasileiros aconteceu na madrugada do sábado para o domingo (01 e 02/12) em São Paulo. No Kartódromo Granja Viana, em Cotia, estrelas do automobilismo e feras do kart se reuniram para a 500 Milhas da Granja Viana, que chegou à sua 11ª edição. Nessa corrida, o campeão da Fórmula 3 Sul-Americana em 2007, Clemente Júnior (Banco Rural/Barbosa Mello/Oi/Vrum), correu na equipe Piquet Sports onde tinha como companheiros, Nelson Ângelo Piquet, Rodrigo Piquet e Tuka Rocha. O time, com três karts, logo se mostrou um dos favoritos à vitória. Na tomada de tempos colocou dois deles entre os dez primeiros colocados, com Clemente Júnior em sexto e Nelsinho Piquet em oitavo. “A tomada de tempos foi uma grande injeção de ânimo e confiança para a equipe”, resumiu Clemente após o treino classificatório.

Na corrida, a força da equipe se confirmou. Com cerca de uma hora de corrida, o kart número 03, pilotado por Nelsinho Piquet, assumiu a liderança. Já o número 04, que começou com Clemente Júnior pilotando, teve problemas ainda na décima volta com o eixo quebrado. A parada para a troca do componente roubou muito tempo da equipe e praticamente tirou esse kart da briga pela vitória. “Era um kart muito rápido que, sem dúvida, tinha tudo para andar na frente se não fosse esse problema com o eixo”, lamentou o piloto mineiro. O trabalho se voltou então para o kart 03 que liderava a corrida e o 28, também da Piquet Sports, que largara mais atrás no grid, mas vinha se recuperando na corrida.

Já amanhecia na Granja Viana, depois de quase seis horas ininterruptas de karts acelerando, quando o time foi surpreendido por um novo problema – agora no número 03, então líder da corrida. Com Clemente Júnior pilotando, tiveram de fazer uma parada extra no box suspeitando de problemas com a embreagem. Ao voltar para a pista, a falta de torque nas saídas de curva continuava e, em nova parada, a equipe já se preparava para trocar o motor quando descobriu uma quebra na chaveta do pinhão do motor. “Foi a quebra de uma peça mínima que nos tirou a vitória. Esse kart ia com grandes chances de vencer a corrida, estávamos com duas voltas de vantagem sobre o segundo colocado quando quebrou”, explicou Clemente Júnior. “Acabamos perdendo muito tempo no box para detectar o problema e isso custou a vitória”, disse.

Apesar do problema, a Piquet Sports ainda terminou a prova com o kart número 3 em quinto lugar seguido pelo numeral 28, ambos no pódio. Já o número 04, comprometido desde o início da 500 Milhas, terminou na 28ª colocação. A vitória da 500 Milhas da Granja Viana 2007 ficou com o time formado pelos pilotos: Rubens Barrichello (Fórmula 1); Tony Kanaan (IRL); Felipe Giaffone (F-Truck) e Renato Russo (Stock Car Light).

Veja quem foram os seis primeiros colocados:
1-    HSBC/Caras/Assolan  – kart 72
2-    HSBC/Caras/Assolan  – kart 71
3-    Petrobras/Carcasci – kart 29
4-    Targh 400/Dolly – kart 41
5-    Piquet Sports – kart 03
6-    Piquet Sports – kart 28

Foto: Fábio Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *