Kart: Em prova de recuperação, Paulo Grassi termina em 5º no Light

No último sábado, dia quatro, o piloto de Jundiaí – SP Paulo Grassi (FMR / Sagui Competições) participou das atividades que compuseram a oitava etapa da Copa São Paulo Light de Kart, evento que teve lugar no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri – SP.

Após ter chegado da Europa onde defendeu as cores do Brasil na Copa do Mundo de Kart na última semana de setembro e ter ido direto para Itumbiara – GO, se preparar para a Copa Brasil de Kart, nesta semana Grassi voltou suas atenções para o Light, principal competição regional de São Paulo para a categoria de Paulo, a Sprinter “A”.

Com a mente completamente voltado para o kartismo o piloto atualmente tem dedicado quase que a integridade de seu tempo aos treinos em pista e à preparação física para as corridas. São várias horas diárias na academia em busca de obter a condição física ideal para as competições.

Um dos atrativos para vários pilotos de sua categoria foi a possibilidade de, nesta etapa do Light, conquistarem as duas últimas vagas para a Seletiva de Kart Petrobras. Como já havia conquistado sua vaga no mês de agosto, em Imperatriz – MA, o representante de Jundiaí aproveitou esta prova para treinar com os principais nomes de sua categoria, em um grid que reuniu 26 pilotos.

Satisfeito com o acerto encontrado pelo time no s treinos livres de sexta-feira Grassi pariu confiante para a tomada de tempos, que foi realizada no final da manhã de sábado. Porém, atrapalhado por um kart mais lento na “volta do pneu” (termo usado no automobilismo para definir a volta em que os compostos novos atingem a temperatura ideal e desempenham o máximo de sua aderência ao traçado) Grassi perdeu bastante tempo e registrou apenas a 15ª marca na classificação, com o tempo de 41s801, contra 41s685 do pole-position, Nicolas Costa.

Na corrida, porém, o que se viu foi um piloto extremamente agressivo e consciente do equipamento que tinha em mãos. Já na largada ele assumiu a postura de buscar posições e, volta após volta, ele recuperava o terreno perdido na tomada de tempos. Foram 25 voltas de muita disputa e, mais do que isso, arrojo e determinação. Grassi conseguiu terminar a corrida na quinta posição, colocação bastante comemorada por ele e por toda a equipe. Leonardo Cordeiro foi o vencedor.

“Fiz o máximo que pude. Saio daqui com a cabeça mais do que erguida. Larguei da 15ª posição e conquistei, na pista, pelo menos oito posições. Agradeço ao meu time pelo excelente kart que me deram e, agora, seguimos para a Copa Brasil, evento que participaremos na próxima semana e é o segundo título mais importante do kartismo nacional”, comentou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *